Idosa que se recusava a ir pra abrigo e abandonar seus cães recebe ajuda e agora tem casa pra morar

Dona Hermelina, a idosa de 63 anos, comeveu a internet com sua história. Ela preferiu ficar na rua a abrir mão da companhia de seus dois cachorros vira-latas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uma das pessoas que esse gesto tocou foram os ativistas da ONG Amigos de Patas.

No mesmo dia em que soube da situação da Dona Hermelina, a voluntária Simone Ziliane saiu atrás de algum abrigo que aceitasse toda a família, ela e seus dois melhores amigos. Sem sucesso, Simone localizou o filho dela.

Parecia que o final seria feliz, porém, ao voltar para visitar Dona Hermelina, a nora não aceitava os cachorros nem no quintal e ela estava pronta para voltar para a rua novamente, mas com seus parceiros.

Mais uma vez, os voluntários da ONG colocaram a mão na massa e arranjaram um casinha simples, alugada, na Vila Operária para ser seu novo lar.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com a ajuda da comoção nas redes sociais, arrecadaram muitas coisas para ajudá-la, principalmente comida.

Ela ainda não pode se aposentar, pois não completou 65 anos. “Me falaram que vão me dar emprego em uma Frente de Trabalho”, contou Hermelina.

Para viver, ela continua coletando latinhas pelas ruas e faz refeições na Casa da Sopa.

Dona Hermelina já tem alguns pertences, mas donativos de modo geral, inclusive mobiliários, podem ser encaminhados diretamente no endereço da mesma, situada à Rua Grajaú, 252, no bairro Vila Operária na cidade de Cianorte.

senhora senhora2 senhora3 senhora4

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: Anda

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,559,192SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Empresário baiano constrói casas por conta própria e doa a famílias necessitadas

A inspiração veio do quadro “Lar Doce Lar”, do programa Caldeirão do Huck, da TV Globo.

Mãe deficiente auditiva sonha ouvir a filha e em menos de 24h vaquinha arrecada R$ 35 mil para compra de aparelho auditivo

Um estudo científico mostra que a atividade cerebral de uma mãe e seus filhos tem a mesma frequência quando eles se comunicam ou cantam...

Ensaio fotográfico mostra que crianças nascidas do estupro são belas e merecem respeito

A fotógrafa Patricia Willocq criou a série fictícia “Look at me I am beautiful” (“Me olhe, eu sou bonita”, em tradução livre), a forma que ela encontrou para...

Mulher troca sua casa de quatro quartos por um apartamento pequeno para que uma família maior possa morar lá

Uma mulher de Dublin, de 70 anos de idade, abandonou voluntariamente sua casa de quatro quartos e mudou para um pequeno apartamento, para que uma...

Estudante de escola pública do interior da Bahia é aprovado em medicina na UFMG

O estudante Paulo Sérgio Carpegiani Santos de Souza, 21 anos, passou quatro anos tentando ser aprovado para o curso de medicina em uma universidade...

Instagram