Aos 71 anos, idosa entra em sala de aula para aprender a ler e escrever (RS)

Aos 71 anos, Sônia Teresinha dos Santos foi em busca do sonho que a maioria das pessoas pode realizar ainda criança: aprender a ler e escrever.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Sempre quis estudar, mas nunca tive oportunidade”, diz.

Sua matrícula surpreendeu a direção da escola no município de São Gabriel, no Noroeste do Rio Grande do Sul.

“Quando chegou o pedido da direção da escola, ‘olha, tem uma senhora de 71 anos que quer fazer o primeiro ano, como que a gente procede?’ Libera, faz o que tiver que fazer, não tem como não ficar feliz com esse tipo de coisa”, lembra o secretário de educação da cidade, Edjor Borges.

Dona Sônia mora na zona rural de São Gabriel. Acorda cedo, antes da 6h, para cuidar da casa enquanto espera a hora mais aguardada do dia: ir para a escola.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Quando eu era criança, a gente tinha que trabalhar pra ajudar os irmãos, que era um monte. Depois agarrei casa, me enchi de filho. Eu tive cinco filhos homens e duas gurias. E sempre trabalhando pra ajudar a criar eles, pra ser uma pessoa hoje”, conta.

Silene Moreira Duarte, professora da dona Sônia, conta que a presença da idosa é vista como motivação para o trabalho e também para aprendizado dos alunos.

“Isso veio pra fortalecer, a gente ficou desmotivado [na pandemia], os alunos em casa com bastante dificuldade. Aí aparece essa pessoa especial na nossa vida, foi pra dar um salto no meu trabalho”, diz.

Murilo, de apenas 6 anos, concorda e acrescenta: “Ela é a colega que todo mundo ama. Quando a gente não sabe a folha, ela sabe. Aí eu ajudo ela quando ela se perde, quando eu estou do lado dela”.

Depois de tanto esperar essa oportunidade, ela não pretende desistir no meio do caminho.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Não, não desisto. A gente tem que ir caminhando em frente né? Se a gente parar, fica até entrevado, não caminha, tem que andar sempre”, concluiu.

É isso aí, dona Sônia, sempre em frente!

Fonte: G1

Foto de capa: Reprodução/RBS TV

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer mais uma razão para acreditar? Dá o play!

Eu estava com câncer e diziam que era apenas uma dor muscular

Thiago Moreira descobriu um câncer depois de muito tempo tratando diversos diagnósticos errados. Hoje ele pedala longas distâncias de bicicleta para se sentir cada vez mais vivo.

Publicado por Mais Razões em Quarta-feira, 31 de agosto de 2022

 

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM







Aos 71 anos, idosa entra em sala de aula para aprender a ler e escrever (RS) 2

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
5,077,412SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

“O aniversário é meu mas o presente é você”: neto leva avô para viajar e curtir a praia [VIDEO]

"O aniversário é meu mas o presente é você". Foi com essas palavras que Kennedy Rayel homenageou o avô em um post comovente compartilhado...

Meninas de Sorocaba (SP) arrecadam ração e promovem a adoção de animais abandonados

A turminha já arrecadou mais de 80 quilos de ação e promoveu a adoção de 16 bichinhos desamparados.

Mesmo com tão pouca idade, essa linda menina já fala quatro idiomas

Estamos apaixonados por essa menina! Com essa pouca idade (infelizmente não conseguimos identificar quantos anos ela tem), ela conta até 10, não em um...

Marido raspa a própria cabeça em apoio à esposa com câncer de mama [VÍDEO]

Na alegria ou na tristeza, na saúde ou na doença: em um vídeo emocionante que circula nas redes sociais, um homem raspa a própria...

Vira-lata caramelo adotado por concessionária da Hyundai promove boas ações a animais carentes

Boas ações já são uma iniciativa maravilhosa, imagina quando vem de um doguinho pra lá de especial? O Tucson Prime é um vira-lata caramelo...

Instagram

Aos 71 anos, idosa entra em sala de aula para aprender a ler e escrever (RS) 3