Idoso de 102 anos volta a estudar e inspira estudantes no ES: ”Enquanto há vida, há esperança’

Faz cerca de um mês que o seu Pedro Francisco voltou a estudar. Aos 102 anos, o baiano foi morar em Vitória (ES) com o filho durante a pandemia de Covid-19.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Nesse meio-tempo, topou retornar às salas de aula para estudar.

Assim como o filho André, de 46 anos, seu Pedro agora é estudante do Ensino de Jovens e Adultos (EJA) na rede municipal de Vitória, que retomou as aulas presenciais no final de maio.

idoso de 102 anos volta a estudar

O idoso é um dos 200 adultos matriculados no EJA da capital capixaba e cursa a primeira etapa de ensino na Escola Municipal de Ensino Fundamental (Emef) Suzete Cuendet.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A primeira etapa corresponde ao conteúdo que é aprendido do 1º ao 5º ano do ensino fundamental regular.

Eu me sinto feliz e, por essa felicidade, ainda quero aprender mais para falar melhor com o público”, se animou Pedro ao contar sobre as aulas.

idoso de 102 anos volta a estudar

André conta que o pai adora cantar, tocar violão, conversar e ler a Bíblia.

Apesar da idade avançada, seu Pedro enxerga, escuta e caminha super bem. Ele explica que para ter uma vida longeva, é preciso se abster da “carne com gordurinha, bebidas alcóolicas, fumo e brigas”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Independente e proativo, ele gosta de fazer tudo sozinho. “Ele come sozinho, toma banho sozinho, faz tudo sozinho. Todo tipo de comida ele come. Ele gosta de mocotó e só gosta de carne com gordura. O colesterol dele é normal”, contou André.

idoso de 102 anos volta a estudar

Imagina o tanto de histórias que seu Pedro tem pra contar: ele nasceu por volta das 4h da manhã do dia 18 de outubro de 1918, em Catu, na Bahia.

Em tom de brincadeira, ele diz que assim que ele veio ao mundo, a terra tremeu. “Balançou mais de 40 quilômetros. Minha mãe quase morreu assombrada”, recordou.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

idoso de 102 anos volta a estudar

Ao todo, o idoso é pai de 14 filhos! Ao longo de quatro décadas trabalhando como vigilante, oleiro e produtor de telhas e tijolos ele ajudou a sustentar a família.

Apesar de já saber ler e escrever, o estudo durante a vida foi pouco. “Sem ler não podemos falar, não podemos fazer nada. É por isso que continuo estudando. Enquanto há vida, há esperança”, completou.

Fonte: G1
Fotos: Reprodução / TV Gazeta

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,643,961SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Senhora de 86 anos reencontra o filho que não via há mais de 55

Sofia Severo da Silva, atualmente tem 86 anos e vive em um abrigo, em Jaboatão dos Guararapes, perto Recife. No passado, ela foi vítima...

Em vez de presentear a família, ele deu presente para crianças de rua

O amigo do Tiago Salgueiro resolveu fazer uma boa ação no Natal: Com o dinheiro que ele tinha guardado para comprar presentes para a família...

Whirlpool abre inscrições para estagiários no Programa Jovens Talentos

Dona das marcas Brastemp, Consul e KitchenAid, empresa abre as inscrições para o Programa Jovens Talentos 2019.

Criança rifa desenhos para ajudar mães com HIV a comprarem leite especial para seus filhos

A pequena Keite Carolina Vieira, 7 anos, está dando um show de solidariedade! A menina, lá de Goiânia (GO), decidiu por conta própria rifar...

Estudantes fazem ovação silenciosa para colega autista na formatura

Para os estudantes da Carmel High School, o diretor Lou Riolo é um "educador fantástico". Recentemente, ele deu mais uma prova que justifica esse...

Instagram