Idoso que vivia isolado em casa de taipa sem água e comida, compra casa nova com ajuda de internautas

Quem lembra do seu Antônio? Ele vivia sozinho em uma casa de taipa, sem água encanada e banheiro, lá em Alagoa Nova (PB).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Conhecemos a história do seu Antônio pelo Rivanildo Atitude e lançamos uma vaquinha na Voaa para ajudá-lo. A meta era comprar uma casinha nova para esse senhor e o que sobrasse, seria para investir em uma mobília, já que ele não tinha quase nada na antiga casa.

E deu tudo certo, mais uma vez! Outro idoso que precisa da nossa força é o seu Luiz, ele tem 75 anos e trabalha como carroceiro para se manter. Ele precisa da nossa ajuda, por que nessa pandemia, está sem renda. Tem vaquinha para o seu Luiz também!

Vocês são tão incríveis, que conseguimos arrecadar R$ 53 mil para o seu Antônio. E esse valor foi o suficiente para ele ter um lar novo e uma vida muito mais confortável.

Seu Antonio compra casa nova

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Amanhã tem a Live do Dia de Doar! Clique no Facebook ou no YouTube para ativar o lembrete e se avisado quando começar!

Antiga casa era de taipa e ele vivia em situação de extrema pobreza

Seu Antônio vivia em extrema pobreza. A antiga casa era de taipa e foi ele mesmo quem construiu.

O local era vazio. Não tinha móveis, nem água encanada e nem banheiro. Ele vivia realmente na extrema escassez.

Seu Antonio compra casa nova

No armário, encontramos apenas fubá e sal. Era o que o seu Antônio tinha para comer, na maioria dos dias.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele não consegue emprego. A única renda que tem hoje é R$ 89 que recebe do Bolsa Família e algum dinheirinho que ganha quando alguém o chama para fazer bico, com trabalho de enxada.

Vida nova após vaquinha da Voaa!

Hoje o seu Antônio é apenas sorrisos! Com o dinheiro da vaquinha, ele conseguiu comprar uma casa nova, reformar pra deixar do jeitinho que ele queria, mobiliou e ainda conseguiu comprar uma moto, gente!

View this post on Instagram

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A post shared by VOAA – a vaquinha do Razōes (@voaa_vaquinhadorazoes)

Vocês foram realmente transformadores na vida do seu Antônio e a gente só agradece por isso!

Seu Antonio compra casa nova

O seu Antônio nos prometeu um vídeo mostrando a casinha e logo, logo publicaremos para vocês!

Seguimos Acreditando!

A equipe da VOAA apura todas as vaquinhas publicadas na plataforma. Acompanhamos as histórias antes, durante e após finalizar as campanhas em nossas redes sociais.

selo conteúdo original

[Nota da Redação]

Essas mulheres pegam fiações, borrachas e fios de cobre de instalações elétricas que virariam lixo e transformam tudo em lindas biojoias personalizadas.

É uma coleção mais linda que a outra!

Essa iniciativa faz parte do projeto @giro.social do Enel Compartilha Empreendedorismo @enelbrasil, que chegou no interior do Ceará para estimular a geração de renda de uma maneira mais sustentável a essas mulheres.  

Veja:

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,835,884SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Estudantes da UFF criam jogos que auxiliam idosos a exercitar a mente

Estudantes da Universidade Federal Fluminense (UFF) desenvolveram dois jogos cognitivos que auxiliam idosos a exercitar a mente e identificar potenciais doenças mentais, como a...

20 fotos maravilhosas mostrando a alegria de ter irmãos

Alguns de nós sabem a sorte que é ter um irmão ou uma irmã, o quão maravilhoso é a sensação de paz e alegria quando...

Projeto comprova eficiência do esporte com ferramenta de inclusão social

(Por Claudia Corbett) Neymar, Messi, Cristiano Ronaldo… Os ídolos não poderiam ser outros. Os garotos e garotas do projeto Bola na Rede não estão para...

Relato sobre honestidade na prestação de serviços no Rio viraliza na internet

O carioca Omar Monteiro Júnior contou a história num post no seu perfil no Facebook.

Estilista de rua que cobra R$ 1 por croqui e consegue visibilidade graças a um post no facebook

Tudo começou com um post no facebook, e a repercussão saiu do mundo virtual e foi para o real. Carlos não sabe escrever, mas usa...

Instagram