Vivendo sozinho, idoso cego toca gaita para sobreviver, comove web e vaquinha bate R$130 mil

Seu Jassenir tem 71 anos, é cego e vive sozinho em uma casinha muito precária em Contagem (MG). O local não é adaptado para ele se locomover em segurança, além de estar com a estrutura comprometida.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Lançamos uma vaquinha VOAA para ajudar o seu Jassenir em em menos de 24 horas arrecadamos mais de R$ 127 mil, em doações! E podemos ainda mais! Clique aqui e faça a sua contribuição!

A casa está com estrutura toda comprometida e coloca vida de idoso em risco

Além de não ser um espaço adaptado ás necessidades dele, a casa do seu Jassenir está com toda a estrutura precária. O local tem toda fiação exposta, além de infiltrações e pisos soltos.

Como não tem uma cama, seu Jassenir precisa dormir em um sofá que está bem velhinho. Ele também não tem outros móveis essenciais em qualquer residência.

A história do seu Jassenir chegou até nós pela Lucélia, que vive próxima ao idoso e nos contou como ele precisa de ajuda.

Como como é a casinha dele hoje!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Casa seu Jassenir

Casa seu Jassenir

Casa seu Jassenir

A vaquinha será para ele reformar a casa, comprar os itens que faltam e se manter um tempo. Continue contribuindo clicando aqui!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Idoso não teve filhos e vive sozinho desde que ficou viúvo

Seu Jassenir foi casado, mas nunca teve filhos com a sua esposa. Ela faleceu tem três anos e, desde então, ele vive praticamente sozinho.

A ex-madrasta do seu Jossenir vai todos os dias fazer companhia para ele à noite. Só que ela também é  bastante idosa, tem 83 anos e, por isso, não consegue ajudar o enteado em muita coisa.

É quando a rede de apoio formada pelos vizinhos faz toda diferença. Seu Jossenir recebe muitas doações, mas ainda assim, vive com um pouco de dificuldades.

Seu Jossenir

Ele toca gaita na rua para sobreviver

Para sobreviver, seu Jassenir vai todos os dias até o centro de Belo Horizonte, para tocar sua gaita e sanfona. Com o dinheirinho que ganha, ele compra um pouco de alimentação para se manter em casa.

Com esse dinheirinho que ganho às vezes, pego meio quilo de feijão, uma farinha e um cafezinho“, conta o idoso.

Mas a rua tem sido um lugar muito perigoso! Recentemente, o seu Jassenir teve a sua sanfona roubada e ainda sofreu um acidente, caindo na calçada e se machucando.

A vaquinha é pra transformar a casa do seu Jassenir num lar digno, com uma reforma. E a outra parte do valor será para que ele possa se manter na pandemia, não precisando mais se expor ou correr riscos nas ruas.

selo conteúdo original

 

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,778,819SeguidoresSeguir
23,895SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Pesquisa revela os impactos afetivos e sociais das tecnologias digitais no comportamento dos jovens

Pesquisa Juventudes e Conexões levantou pontos positivos e negativos que jovens entre 15 e 29 anos, das cinco regiões do país, sentem sobre a influência da tecnologia nas suas vidas.

Por que precisamos descobrir o que faz a gente feliz: entrevista com Gabriel Hamsi, criador do The Sun Gallery

“O que faz o seu sol brilhar?” Muito provavelmente o Gabriel Hamsi te faria essa pergunta em uma conversa observando o pôr do sol...

Mãe com câncer terminal prepara cartas para participar da vida da filha depois que ela se for

Essa mãe, que infelizmente está em vias de partir, bolou uma forma de estar sempre ao lado de sua jovem filha nos principais momentos de sua...

Estudante compra notebook roubado para devolver aparelho ao seu dono

O estudante desconfiou da oferta do notebook, mas fechou negócio para devolver o aparelho ao dono.

Dentista devolve autoestima a jovem que perdeu dentes

“Todos os dias, ele vem me ver. Isso me deixa mais feliz ainda.”

Instagram

Vivendo sozinho, idoso cego toca gaita para sobreviver, comove web e vaquinha bate R$130 mil 4