Idoso conserta brinquedos para doar às crianças carentes de Americana (SP)

O Fundo Social de Solidariedade de Americana (SP) vem fazendo um trabalho incrível nesta pandemia. Mas para que as doações aconteçam, a associação tem contado com a ajuda de diversos voluntários, realizando muitas ações beneficentes. E Cidinho é um desses voluntários.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele analisa todos os brinquedos que chegam no Fundo Social e aqueles que precisam de reparo são consertados antes de serem doados às crianças carentes.

grupo de voluntários do Fundo Social de Americana
O Fundo Social de Americana conta com vários voluntários | Reprodução: Correio Nogueirense

Telma Kiel, 72 anos, é esposa de Cidinho e já trabalhava na separação de roupas e brinquedos doados ao Fundo. Ela conta que Cidinho passou a cuidar de todos os brinquedos com muito carinho.

Desempregada, Paula improvisou uma lojinha de doces em casa e aprendeu a fazer bolos sozinha. Seu sonho é ter a sua doceria. Vamos realizá-lo? Clique aqui.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O Cidinho, como é conhecido, começou a consertar vários brinquedos, montar os quebra-cabeças e a testar os brinquedos, antes de devolver ao Fundo Social para doação. Acabou se tornando um passatempo para ele e é uma maneira de auxiliar o próximo e ocupar o tempo neste momento de pandemia que não podemos sair de casa”, disse Telma.

Leia também: Netflix cria fundo de R$ 5 milhões para 5 mil trabalhadores do audiovisual no Brasil

Maine Najar, presidente do Fundo Social disse que se emociona sempre com a dedicação de Cidinho e de todos os voluntários.

É uma alegria poder contar com essas voluntárias, como é o caso das irmãs Telma,Tânia e Tâmara que colaboram desde o início de minha gestão à frente do Fundo Social, e também de todos que se tornaram grandes parceiros, acreditando na gente e doando um pouco do seu trabalho em prol dos mais necessitados. Em tempos de “ficaemcasa” o serviço voluntário se tornou um grande passatempo para muitos”, disse Maine.

O Fundo Social conta com mais apoio

Maine também conta que há mais pessoas no grupo. Ela reforça o fato de a maioria estar acima dos 60 anos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Janete Batista e Nilva Prado, são dois exemplos dessa turma. Elas confeccionam máscaras de proteção para o Fundo Social. Olveti Zanotti, de 71 anos, que também fez uma boa ação parecida, doando  semanalmente entre 10 e 12 máscaras ao Fundo Social.

Também temos a Tâmara Rillo Andrade, de 63 anos que com Ivone Gomieri Vieira, 68 anos, e  Sandra Regina Benatti Camargo, 57 anos, já confeccionaram mais de 100 sacolinhas de tecidos para montar os kits que foram doados aos moradores de rua da cidade.

Leia também: Para espantar tédio da quarentena, idosos de casa de repouso recriam capas de álbuns clássicos

Tânia Rillo Andrade, 69 anos, que é irmã de Tâmara, fica responsável pela higienização de roupas doadas para bebês. Ela lava e passa cada uma das peças.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Já a farmácia do Fundo fica sob a responsabilidade de Herica Giacomini, que auxília na triagem dos medicamentos recebidos.

[ASSISTA: Segundo episódio do programa do Razões para Acreditar: Era Só  O que Faltava!] 

FONTE: Jornal Americanense

 

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM










Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,917,765SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

‘Gangue’ de motoqueiras entrega leite materno para bebês prematuros

As motoqueiras entregam leite materno para bebês prematuros ou qualquer criança que necessita desse alimento vital para a sua saúde.

Menino de 2 anos leva panetone para garis que fazem coleta em sua rua toda semana: ‘Pura gratidão’, diz mãe

Existe uma frase popular que diz: "Um coração repleto de gratidão é um ímã para atrair coisas boas". O hábito de agradecer muda nosso olhar...

Projeto registra no transporte público encontros de pessoas que nunca se viram antes

O projeto “Linha 580, te leva às alturas”, da carioca Carolina Guimarães, surgiu depois das abordagens de turistas que ela recebia no ponto de...

Menina de 6 anos pede cadeira de rodas para vizinho em cartinha de Natal: ‘Para ele passear e me visitar’

A tão falada "magia do Natal" se revela no amor ao próximo e nos pequenos gestos de solidariedade e empatia. E a pequena Emanuelly da...

Mãe doa parte do intestino para salvar vida da filha em cirurgia inédita no Brasil

Procedimento inédito no Brasil foi realizado com sucesso por médicos do Hospital Sírio-Libanês.

Instagram

Idoso conserta brinquedos para doar às crianças carentes de Americana (SP) 2