“Chef dos Pobres”: vovô de 90 anos cozinha todos os dias para pessoas em situação de rua, em Roma

Há 15 anos, Dino Impagliazzo foi parado por uma pessoa em situação de rua, que lhe pediu um café. Ele tentou levar o homem em um restaurante, mas o local não permitiu a entrada deles.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Então Dino foi até em casa, fez diversos sanduíches e voltou para distribuir para todos os sem-teto que estavam ali. E desde esse dia ele não parou mais.

“Chef dos Pobres”: vovô de 90 anos cozinha todos os dias para pessoas em situação de rua, em Roma 3
Foto: reprodução

Vamos ajudar o Edu fazer um Natal especial para mais de 50 idosos abandonados em asilo! Faça a sua contribuição!

Ele diz que jamais poderia ignorar um “irmão”

Dino sempre comenta que sua caridade é uma missão e que não poderia ignorar o pedido daquele homem. “Acho que foi no dia do Senhor, domingo, como poderia ignorar esta pessoa que afinal é meu irmão?“, diz o idoso.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

E foi a partir desse dia que Dino iniciou seu trabalho solidário. Ele não queria que o gesto fosse ocasional, então começou a espalhar a ideia para amigos e familiares, para tentar reunir o máximo de pessoas no projeto social.

idoso distribui comida para necessitados
Foto: reprodução

Dino diz que lembra de um acontecimento no dia em que foi comprar os pães para os primeiros sanduíches.

Na hora comprei muitos pães para poder recheá-los para os sem-teto e o padeiro, percebendo essa quantidade, me perguntou para quem eram. Respondi que os sanduíches eram para os sem-teto que moram perto da estação Tuscolana e que a gente alimenta. Desde então, o comerciante oferece-nos pão grátis para os nossos pobres e tem sido nosso colaborador próximo desde então. São os pequenos milagres que acontecem todos os dias, mas que vêm da Providência”.

idoso distribui comida para necessitados
Foto: reprodução

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

E depois de um tempo, Dino não estava mais sozinho. Quando a sua ideia se espalhou, vários voluntários surgiram, querendo ajudá-lo.

E de distribuição de alimento na rua, ele conseguiu abrir a própria associação, a RomAmor Onlus.

Hoje Dino conta com 350 voluntários e serve mais de 27.000 refeições por ano. Mesmo com 90 anos e uma equipe inteira disponível, esse homem incrível não abandonou a sua missão. Ele é conhecido “o chef dos pobres”.

Todos os dias, Dino coloca o seu avental e cozinha para as pessoas carentes de Roma, na Itália. Ele diz que além da refeição, ainda quer poder oferecer serviço de médico e habitação para os que não tem.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

idoso distribui comida para necessitados
Foto: reprodução

E a bondade de Dino o levou até o Papa Francisco, que fez questão de cumprimentá-lo pessoalmente.

Sobre a sua missão, ele comenta: “Cada pessoa que conheço é única e especial. É por isso que me esforço para fazer mais e mais“.

Que belo exemplo!

Fonte: Positizie

[Nota da Redação]

Essas mulheres pegam fiações, borrachas e fios de cobre de instalações elétricas que virariam lixo e transformam tudo em lindas biojoias personalizadas.

É uma coleção mais linda que a outra!

Essa iniciativa faz parte do projeto @giro.social do Enel Compartilha Empreendedorismo @enelbrasil, que chegou no interior do Ceará para estimular a geração de renda de uma maneira mais sustentável a essas mulheres.  

Veja:

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,110,307SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Pacientes presenciam atendimento em UPA em São Bernardo e elogiam médico

Atender bem vai além de ser educado (o que é absolutamente importante) mas também de ser atencioso e se mostrar realmente interessado em ajudar....

Segundo paciente é curado do HIV com uso de células-tronco

O segundo paciente infectado com o vírus do HIV, causador da Aids, conseguiu se curar, mesmo depois de parar o tratamento contra a doença....

Participação em coral melhora qualidade de fala de portadores de lábio leporino

Pelo terceiro ano consecutivo, a ONG Smile Train,  que oferece tratamento de fissuras gratuitas ao redor do mundo, promove o Coral do Centro de Fissura Labiopalatal (CEFIL)....

Jovens autistas do DF formam banda de rock e promovem inclusão social

A banda de rock Timeout rompe paradigmas em cima do palco.

Instagram

“Chef dos Pobres”: vovô de 90 anos cozinha todos os dias para pessoas em situação de rua, em Roma 4