Idoso leva lanche para pessoas que buscam auxílio emergencial: “Sofro com elas”

A cena de pessoas passando horas na fila para conseguir o auxílio emergencial do Governo na Caixa Econômica Federal na Praia Grande (SP) sensibilizou o aposentado Gernivaldo Siqueira.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele resolveu agir! 👏

Todos os dias, Gernivaldo, 65 anos, pega sua bicicleta e pedala até as unidades do Boqueirão e Aviação para distribuir gratuitamente chá, água, leite com chocolate, bolachas e pão com manteiga.

“Essas pessoas sofrem muito. Não conseguem a informação correta. Parece que eu sofro junto com elas, principalmente pessoas idosas, que têm dificuldade de mexer com mídia. Foi por isso que eu tomei a iniciativa de fazer um pouquinho. Farei quantas vezes for preciso”, conta Gernivaldo.

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Razões Para Acreditar (@razoesparaacreditar) em

Baianas que vendem acarajé passam por grandes necessidades e precisam da sua ajuda. Clique aqui e doe.

“Tem pessoa que vive num mundo de tristeza e um gesto faz ela sorrir”

Ele começa a preparar o lanche bem cedo. Abastece a caixa térmica que fica sobre sua bicicleta, coloca a máscara de proteção e segue para o seu destino.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Quando a gente faz um ato, não importa o tamanho, você consegue levar vida pra pessoa. Um pedaço de pão, um copo de achocolatado, faz a pessoa sorrir. Tem pessoa que vive num mundo de tristeza e um gesto faz ela sorrir. E eu consigo sorrir junto com ela.” 😭

idoso levando lanche pessoas auxílio emergencial caixa econômica federal
Gernivaldo leva lanche para pessoas que buscam auxílio emergencial do Governo na Caixa Econômica Federal na Praia Grande, litoral de São Paulo. Foto: Reprodução/Praia Grande Mil Grau

No início, Gernivaldo pagava do próprio bolso os itens do lanche. Mas com a repercussão da boa ação nas redes sociais, começou a receber doações.

“Alguns amigos começaram a fazer doação e não faltou até hoje. Quanto tá acabando o leite, vem um e faz a doação. Quando zera tudo, eu vou lá e compro, sabe? Mas eu não tenho gastado muito do meu recurso, mesmo porque ele é pouco”, explica.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Baianas que vendem acarajé passam por grandes necessidades e precisam da sua ajuda. Clique aqui e doe.

“Quando a pessoa consegue doar, ela se liberta!”

E sabe o que Gernivaldo mais quer? Inspirar mais gente a estender a mão para quem mais precisa.

Seja distribuindo lanche para pessoas que buscam auxílio emergencial ou com o Bazar Solidário que ele realiza.

“Esses dias eu levei o meu Bazar Solidário pra rua. Conseguimos arrecadar roupas e fazer as doações. Muita gente levou camiseta, calça, bermuda. Foi muito bom! Se você tem roupa em casa que não usa, passa pra frente. Vai vir outra nova. Quando a pessoa consegue doar, ela se liberta!

idoso levando lanche pessoas auxílio emergencial caixa econômica federal
Foto: Reprodução/Praia Grande Mil Grau

O Razões tem seu próprio podcast para espalhar boas notícias, ouça os episódios na sua plataforma favorita clicando aqui.

Sonho

“Eu tenho o sonho de montar um abrigo para pessoas em situação de rua. Onde eu possa estar mais próximo dessas pessoas e libertá-las de vícios. É um trabalho que eu já faço. É difícil, mas nada que o amor não consiga.”

Que pessoa incrível, gente!

Quem puder ajudar o Gernivaldo pode falar com ele pelo Instagram ou por WhatsApp: (13) 99648-2807.

selo conteúdo original

 

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,271,435SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Dois amigos com baixa expectativa de vida desafiam as probabilidades e se formam no ensino médio

Odin Frost e Jordan Granberry nasceram com lesões cerebrais que trouxeram diversas limitações para eles desde cedo. A expectativa de vida, dada pelos médicos de...

Eletricista gaúcho constrói 300 casinhas para cachorros abandonados

Desde setembro do ano passado, o eletricista gaúcho Felipe Hilário construiu mais de 300 casinhas para cachorros que vivem em situação de rua em Cachoeirinha, região...

Projeto leva atendimento médico humanizado para moradores de rua em diversas cidades do país

A profissão do médico já é especial por si só, muito mais do que o dom da medicina, para ser médico é preciso muito...

Clínica transforma momento da inalação para as crianças em pura diversão

A ideia é simples: transformar o drama da inalação em diversão.

Formatura de comunidades ribeirinhas é tudo que você precisa ver hoje!

Por mais que tenha sido um ano atípico para os estudantes devido à pandemia, alguns rituais não podem ser esquecidos. E um bom exemplo...

Instagram

Idoso leva lanche para pessoas que buscam auxílio emergencial: "Sofro com elas" 2