Francês desenvolve iglu térmico para que pessoas em situação de rua se protejam no inverno

De acordo com pesquisa realizada no início de 2020 pela Fundação Abbé-Pierre, a França atualmente possui cerca de 250 mil pessoas vivendo nas ruas

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Consequência do desemprego, aumento dos preços de imóveis e imigração dos últimos anos, uma das maiores preocupações é que estas pessoas vivem num país que faz frio pelo menos 6 dos 12 meses do ano.

Foi pensando em oferecer mais conforto às pessoas em situação de rua, que o engenheiro francês Geoffroy de Reynal desenvolveu um iglu térmico.

iglus-sem-teto-franca-1
Foto: Facebook

Medindo 1,20m de largura, 2m de comprimento e 90cm de altura, os iglus são feitos de polietileno e espuma de alumínio, e ajudam a conservar o calor humano. Eles podem ser completamente fechados, ganhando assim cerca de 15 a 20º em relação à temperatura externa e protegendo estas pessoas do frio intenso do inverno.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Cada iglu possui um custo de € 150, por isto o engenheiro lançou uma campanha de crowdfunding com uma meta de arrecadar € 5.000. O sucesso de sua ideia, no entanto, foi maior do que o jovem esperava e sua campanha arrecadou mais de 18 mil euros em poucos dias.

iglus-sem-teto-franca-2
Foto: Facebook

Sua empresa, a Iglou Shelters, já fez parcerias com diversas instituições francesas, como a ActionFroid, que já distribuiu dezenas de iglus pela capital Paris, que viu o número de pessoas em situação de rua dobrar nos últimos anos.

O próximo passo é trabalhar junto ao governo e oferecer milhares de iglus às pessoas que atualmente vivem nas ruas. Com o inverno se aproximando e a segunda onda da pandemia dando as caras, cuidar dos mais vulneráveis é uma questão de compaixão.

iglus-sem-teto-franca-3
Foto: Facebook

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para oferecer ainda mais esperança à estas pessoas, Geoffroy ainda faz questão de escrever ele mesmo recadinhos nas portas dos iglus. Frases como “Tenha sempre esperança” e “Este abrigo de urgência é para te dar mais calor, uma etapa antes de você voltar a ter sua casa”, mostram que soluções como esta são momentâneas, mas certamente oferecem mais dignidade a milhares de pessoas vivendo uma vida de poucas oportunidades. Por mais projetos como este!

iglus-sem-teto-franca-4
Foto: Facebook

iglus-sem-teto-franca-5
Foto: Facebook

iglus-sem-teto-franca-6
Foto: Facebook

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Conteúdo do Balaio do Bem, site parceiro do Razões.

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,493,634SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Garoto autista de 6 anos que sonha em ser jornalista tem sonho realizado

Se algumas pessoas demoram para decidir o que querem estudar e que profissão querem ter, outras desde criança já nascem com a certeza daquilo...

Vendedor de amendoim se forma em direito em Petrópolis (RJ)

Ele conta que escolheu ser advogado para lutar contra as injustiças que vê no mundo.

Policial amamenta bebê separado da mãe por ordem judicial

A policial fazia horas extras naquele momento, e não hesitou em acalmar o bebê que não parava de chorar.

Campanha no metrô de SP chama atenção para causa da educação

Epson, Casa do Zezinho e Avery Dennison chamam atenção de usuários do metrô de São Paulo para causa da educação.

Morre aos 91 anos (feliz da vida!) senhora que preferiu viajar ao invés de fazer quimioterapia

Norma Jean Bauerschmidt viveu seus últimos dias como ela queria: viajando. Diagnosticada com um câncer aos 90 anos de idade, Norma não seguiu as...

Instagram