Igreja quita mais de R$ 35 milhões em despesas médicas de famílias

Clique e ouça:

Páscoa é sinônimo de renascimento e seguindo esta ideia, uma igreja do Texas, Estados Unidos, resolveu que era a hora de várias famílias recomeçarem, decidindo doar 100 mil dólares para quitar despesas médicas delas. A Igreja em questão é a Covenant de Carrollton e o pastor anunciou esta medida em pleno domingo de páscoa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A instituição fez a transação através da RIP Medical Dept, uma organização sem fins lucrativos que compra e quita despesas médicas. Neste sistema americano, as dívidas são compradas e pagas por até um centésimo do que valem, o que significa que, na verdade esses 100 mil dólares são mais de 10 milhões em dívidas.

Nesta semana, mais de 4.229 famílias terão uma bela surpresa, quando receberão uma carta pelo correio, sendo notificadas que suas dívidas foram pagas. Existe melhor surpresa do que essa? Stephen Hayes, o pastor responsável por essa boa ação, explica o que o motivou a fazer isso: Eu tenho avós que são idosos também, então pensei nas dificuldades que isso causaria a alguém. Não foi escolha deles. Eles não se endividaram porque acumularam o cartão de crédito. É porque algo aconteceu com eles. Então, eu simplesmente adoro poder ajudar as pessoas quando não foi escolha delas. Eu simplesmente amo isso.”

Tudo começou com uma reflexão do pastor, pois anualmente, a congregação investe US$ 100 mil na divulgação da celebração da Páscoa, com anúncios em emissoras de rádio e TV locais, além de outdoor e envio de cartas às famílias que vivem na região.

Ao conhecer o trabalho da RIP Medical Dept, Stephen decidiu que faria o mesmo, trocando o investimento nos anúncios de Páscoa pelo pagamento de US$ 100 mil em dívidas médicas, sendo metade para veteranos das Forças Armadas e a outra metade para pessoas comuns.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

igreja quita despesas médicas

Ao anunciar sua decisão, os membros se mobilizaram e fizeram ofertas adicionais, totalizando mais de US$ 10,5 milhões (mais de R$ 35 milhões na cotação do dólar). Ao colocar o plano em prática, o pastor descobriu que não haviam muitos veteranos de guerra dos Estados Unidos nas proximidades com despesas médicas pendentes.

“Neste momento, não há veteranos na área onde ministramos com despesas médicas a partir deste dia”, disse Hayes, acrescentando que muitas deles sofreram ferimentos causados ​​pelas guerras. “Já estão pagas. Muito legal”.

Talvez o Pastor tenha se inspirado em sua própria trajetória, já que aos 17 anos foi atropelado por um carro, passando 12 dias na UTI. Hayes lembra deste período difícil, quando seus pais contraíram uma dívida imensa, que só foi quitada quando ele entrou para a congregação. A felicidade dele certamente não é menor do que a destas famílias: “Você pode imaginar o que essas pessoas vão sentir esta semana quando receberem a carta que nós enviamos dizendo que suas dívidas foram pagas?”, Hayes disse em um de seus últimos discursos à congregação. 

Recentemente publicamos sobre uma igreja que quitou dívidas de diversas famílias de uma congregação – relembre aqui, e aqui no Brasil de uma igreja que usou dízimo para construir casas para famílias pobres – relembre aqui.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com informações de Good News Network – e GospelMais.

 Crédito de fotos: Covenant Church

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,026,578FãsCurtir
2,191,217SeguidoresSeguir
11,993SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Brasileira voluntária da 2ª Guerra Mundial é hoje voluntária na luta contra o Coronavírus

A dona Blandina era adolescente quando confeccionou luvas para os soldados brasileiros da FEB (Força Expedicionária Brasileira) que lutaram na 2ª Guerra Mundial. Lá se...

Jovens antecipam casamento após saber que um deles tem apenas 5 meses de vida

Se você, assim como eu, se acabou de chorar vendo "Um amor para recordar" lá em 2002, se prepare: essa história é real, e...

Policiais unem-se a manifestantes em ato contra racismo e violência, nos EUA

É preciso tomar muito cuidado com generalizações, afinal, a profissão e a raça de uma pessoa não podem a definir. E para provar isso, diversos...

Engenheiro cria próteses gratuitas para pessoas carentes em impressora 3D

Aos 24 anos, o engenheiro industrial Guillermo Martinez decidiu usar todo seu conhecimento e criatividade em prol das pessoas carentes. Depois de comprar uma...

Pela primeira vez o Solstício de verão de Stonehenge será transmitido online

Pela primeira vez na história poderemos acompanhar o solstício de verão de Stonehenge online, o evento marca o dia mais longo do ano e...

Instagram