Ilha no Canadá dá emprego e terreno para pessoas ambientalmente conscientes

A ilha de Cape Breton, no Canadá, está vendo sua população diminuir cada dia mais. Muitas cidades do país enfrentam esse problema – algumas chegam a ter apenas 900 habitantes. A população atual de Cape Breton é de pouco mais de 135 mil habitantes.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

canada_ilha3

Para aumentar a população de Cape Breton, empresários locais estão oferecendo emprego e um terreno para quem decidir mudar para uma das cidades que formam a ilha. O salário não é muito, mas os empresários afirmam que é o suficiente para viver tranquilamente.

Os terrenos chegam a ter mais de oito mil metros quadrados e todos são arborizados. E o melhor, caso o morador cuide da terra adequadamente, ele ganha o direito de posse da área.

canada_ilha

Convenhamos que deve ser muito prazeroso cuidar de uma área com essa paisagem. Além do mais, a região é cercada por opções de lazer ao ar livre, aventuras e atividades culturais. Assim fica fácil, não é mesmo?

Qualquer pessoa com autorização legal para trabalhar no Canadá pode se candidatar ao projeto. Imigrantes interessados precisam conseguir liberação do governo canadense antes de se candidatarem.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para mais informações, clique aqui.

Com informações do CICLO VIVO / Todas as imagens: Reprodução

Relacionados

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

987,764FãsCurtir
1,764,214SeguidoresSeguir
8,645SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Jovem cria escola de lona para alunos carentes em Tocantins e internautas criam vaquinha

Com alguns tecidos, plásticos e madeiras que encontra no lixão, jovem construiu a sua escolinha de reforço. Mas quando chove, ele perde tudo.

Pitbull resgatado de “rinha” não para de sorrir no novo lar

Publicamos no final do ano passado o resgate de 33 pitbulls de uma “rinha” em Itu (SP). O estado dos cães era muito triste. Hoje,...

Menino vende desenhos no portão de casa para ajudar a família e comprar telas

Kayque coloca seus desenhos à venda no portão de casa por R$1,50 para conseguir dinheiro para as telas e para ajudar a família.

Cadeirante que faz entregas em SP sonha ter cadeira motorizada e internautas criam vaquinha

Conheçam o Luciano Oliveira, 44 anos, cadeirante que ficou conhecido por trabalhar como entregador de comida por aplicativo.

Ortobom doa 500 colchões para vítimas de chuva em Raposos (MG)

A Região Metropolitana de Belo Horizonte foi a mais afetada pelas fortes chuvas que caíram em Minas Gerais nas últimas semanas. Um exemplo é...

Instagram