Imobiliária doa terreno para picolezeiro que juntou valor da entrada por mais de ano em moedas

O sonho do picolezeiro Oseas Robson dos Santos, de 31 anos, era a casa própria.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para isso, por um ano e dois meses, ele juntou moedas para comprar um terreno e construir sua casa. Ele deu entrada no tão sonhado lar após 14 meses com R$ 1,8 mil pagos em moedas.

Oseas nem imaginava que essa conquista não terminava por aí. O empresário Erasmo Sabino, dono da imobiliária onde o trabalhador havia adquirido o lote, ao ficar sabendo de sua história resolveu doar o terreno para ele, um lote no valor de R$ 54 mil.

O picolezeiro, que mora de favor na casa de um familiar, foi surpreendido pela imobiliária e ganhou o título do terreno que havia comprado.

“Agradeço a Deus e ao Erasmo por essa doação e pela sua caridade. Não tenho palavras no momento”, diz em entrevista ao G1. “É uma nova etepa.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Há dias que faturo R$ 30 em outros R$ 50. As moedas que recebia nas vendas, colocava em um galão e ia contando para chegar a um certo valor para comprar o terreno. A força de vontade me motivou a realizar meu sonho, independente do que sou”, conta.

“O Brasil se solidarizou com essa história. E hoje [sábado], acordei me perguntando:  por qual motivo não doaria o terreno para ele? Deus me deu condições de ter empreendimentos e uma boa situação de vida. Decidi doar o lote porque estou beneficiando um pessoa de bem, trabalhador humilde”, conta o empresário.

Depois de Erasmo contar em seu Facebook o momento emocionante em que Oseas deu entrada em seu terreno, a história rapidamente viralizou e já tem mais de 2 mil curtidas e diversos comentários.

“Foi a venda mais feliz da minha vida. ‘Posso pagar em moedas?’ Respondi que sim, quando ele chegou com um saco plástico e um bujão pesando mais de cinco quilos cheio de moedinhas, a emoção tomou conta de mim”, conta Erasmo no Facebook.

A repercussão também contagiou outras pessoas que querem ajudar o picolezeiro a construir a casa. “São muitas manifestações e essas pessoas querem ajudar de alguma forma”, relata Oseas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

oseas

picolezeiro

post_-_erasmo_GvrufeY

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: G1

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,769,066SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Juiz interrompe audiência de conciliação para pai poder acompanhar o nascimento da filha

Esbanjando sensibilidade, um juiz interrompeu uma audiência de conciliação para que o autor do processo pudesse aproveitar cada segunda do nascimento de sua filha. Huan...

Mulher transforma assassinos de leões em guardiões na África

Leela Hazzah em sua infância ouvia histórias de sua família quando dormiam no telhado ouvindo o rugido dos leões, porém, em sua época quando...

Nova heroína da Marvel é uma mãe tentando sobreviver com a família na Síria

A história é baseada em relatos reais sobre uma mulher anônima.

Menina ganha gatinho de estimação e não desgruda dele nem para estudar: ‘São inseparáveis agora’

Estudar nunca foi tão divertido para uma menina em idade pré-escolar da China. Desde que a pequena ganhou um gatinho de estimação, tem recebido...

Gay adota neta de traficantes, e menina torna-se Mini Miss Brasil

A rotina de preparação para concursos de beleza e ensaios fotográficos passa longe da vida que Ana Clara Ferrares, de 10 anos, levava há...

Instagram