UEPB produz mais de 40 mil EPIs em impressoras 3D para profissionais de saúde

Toda e qualquer iniciativa é essencial neste momento para ajudar no enfrentamento ao coronavírus. E que tal usar a tecnologia para isso?

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

É exatamente o que estão fazendo algumas universidades e empresas em todo o país. As impressoras 3D estão dando vida de forma simples a equipamentos de proteção individual para profissionais de saúde.

Na Paraíba, a UEPB criou um protetor facial no Laboratório do Núcleo de Tecnologias Estratégicas em Saúde (Nutes). O objetivo é proteger os trabalhadores e aumentar a eficiência das máscaras.

Pesquisadora usando máscara feita em impressora 3D para servir como EPI no enfrentamento ao coronavírus
Protetor vai isolar a máscara para aumentar eficiência do equipamento. Foto: Divulgação/Nutes UEPB

“Com esse protetor, os profissionais de saúde poderão usar as máscaras N95 por mais tempo na luta contra a Covid-19, pois vai funcionar como um protetor destas máscaras, que já começam a faltar no mercado”, destacou Yasmyne Martins.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Você pode ajudar um empresário que está com a fábrica fechada a reativá-la para produzir máscaras para os profissionais de saúde. Criamos uma vaquinha no VOAA. Clique aqui e contribua!

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por NUTES UEPB (@nutesuepb) em 24 de Mar, 2020 às 2:41 PDT

O Razões tem seu próprio podcast para espalhar boas notícias, ouça os episódios na sua plataforma favorita clicando aqui.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O laboratório firmou parcerias com outras universidades, instituições empresas e uma grande indústria de plásticos do estado e está utilizando as impressoras 3D e recursos deles para produzir mais protetores.

Pesquisadora usando máscara feita em impressora 3D para servir como EPI no enfrentamento ao coronavírus
Protetores já estão sendo distribuídos e utilizados por profissionais de saúde. Foto: Divulgação/Nutes UEPB

Já foram produzidos mais de 40 mil protetores desse modelo e a maioria já foi entregue a hospitais da Paraíba. Agora eles estão produzindo os protetores até para bebês recém-nascidos da maternidade da cidade.

Protetores faciais para bebês sendo usados como modelo em bonecos
Protetores para bebês são feitos especialmente para recém-nascidos. Foto: Nutes/UEPB

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No Rio de Janeiro, as impressoras da PUC e da UFRJ também estão fabricando máscaras com viseiras que protegem os profissionais do contato com o vírus dos pacientes. Dá só uma olhada:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Razões Para Acreditar (@razoesparaacreditar) em 25 de Mar, 2020 às 3:00 PDT

E não é só no Brasil que a tecnologia de impressão 3D está sendo usada para o enfrentamento ao corona. Na Itália, engenheiros desenvolveram um respirador usando máscaras de mergulho. O principal componente dessa invenção é uma válvula que conecta a máscara a um tubo de oxigênio. E ela está sendo impressa em 3D.

Válvulas produzidas em impressoras 3D para servirem como respiradores
Válvulas ligam máscaras de mergulho a tubos de oxigênio. Foto: Michele Faini

Canal Coronavírus: veja boas notícias, vagas home-office e como ajudar pequenos negócios clicando aqui.

selo conteúdo original

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,777,821SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Em apenas 4 horas, vaquinha para tratamento de gêmeas sobreviventes de incêndio bate a meta!

Cada dia mais razões para acreditar no amor ao próximo! ❤️ Em apenas 4 horas conseguimos bater a meta para o tratamento das gêmeas que...

Todo ano engenheiro reúne mais de 2 mil crianças carentes em casa para festa de Natal

O engenheiro civil Marcelo Almeida Lima, 60 anos, de Teresina (PI), há 40 anos, reúne em sua casa mais de 2 mil crianças carentes...

Neta presenteia avó de 76 anos com boneca Barbie e realiza seu sonho de infância: ‘Te amo, sinhá’

O sonho de infância de Dona Carmoza, 76 anos, era ganhar uma boneca Barbie de presente. Alguns dias atrás, sua neta, a servidora pública...

Mulher insere marido falecido em sessão de fotos e causa comoção na internet

“São memórias para meu filho e milha filha, eles não irão conhecer o pai, mas terão boas referências com estas imagens”, disse Nicolle Bennett...

Estudante autista consegue emprego depois de viralizar no LinkedIn com carta sincera escrita à mão

"Meu nome é Ryan Lowry, eu tenho 19 anos, moro em Leesburg - Virgínia, e tenho autismo. Eu também tenho bastante senso de humor...

Instagram