Índia terá primeiro aeroporto do mundo abastecido com energia solar

Escrito por Jéssica Miwa

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A energia solar já está por toda parte. Nas ciclovias, trens, calçadas, estacionamentos e até em creches públicas no sul do Brasil. Mas ainda existem muitos espaços a serem aproveitados para nos tornarmos 100% eficientes na produção desse tipo de energia limpa.

Na Índia, a última conquista foi conseguir o primeiro aeroporto abastecido por energia solar do mundo. No total, foram mais de 46 mil painéis solares que geram, em média, 50 a 60 mil megawatts por dia. Antes o local era abastecido por carvão.

De acordo com a empresa que projetou e instalou as placas, a iniciativa irá evitar a emissão de 300 mil toneladas de carbono nos próximos 25 anos. Isso poupa o trabalho de 3 milhões de árvores. Até maio de 2016, o projeto estará funcionando 100%. Ansioso para vê-lo pronto?

Quer ler mais histórias inspiradoras como essa? Acesse o The Greenest Post!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,763,858SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Período de quarentena faz poluição do ar cair 53% no Rio e 30% em São Paulo

No dia 21 de março, o estado do Rio de Janeiro decretou o isolamento social para evitar a propagação da Covid-19. Três dias depois,...

Mãe que trabalhava 12 horas por dia vendendo peixe forma o filho em Medicina

Por mais de 20 anos, Nenita Ronquillo chegava a trabalhar 12 horas por dia vendendo peixe num mercado em Manila, nas Filipinas. Por que...

Vovó de 82 anos se arruma toda chique para missas virtuais, faz selfies e viraliza na web

Com a pandemia, muitas coisas passaram a ser virtuais. De aulas a shows e até missas, por isso, passar o dia de pijama já...

Artista “bicha, trans e preta” luta contra um câncer e combate o machismo nas periferias de SP

Diretora da peça “É pra copiar ou reescrever”, apresentada em escolas da periferia de São Paulo, Linn Santos, 25 anos, declara-se como “uma bicha,...

Médico faz desenhos em curativos de crianças após cirurgias

O cirurgião pediátrico Robert Parry sempre tira um momento após uma cirurgia para garantir que uma cicatriz não seja a única lembrança duradoura do...

Instagram