Indiano junta dinheiro por 10 anos e compra van que funciona como ambulância para cães abandonados

O indiano Balu ama os cães incondicionalmente. Ele decidiu economizar dinheiro por mais de uma década para comprar uma van e transformá-la em uma ambulância para cuidar de cães machucados e abandonados pelas ruas de Palu.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“No começo, eu tinha um pouco de medo de cachorro”, Balu disse ao Open Road India. “Agora esta é minha vida, eu não posso abandonar isto. Eu continuarei a fazer isto para sempre.”

Ele leva os animais resgatados para serem examinados por veterinários. Balu é o motorista da ambulância e também cuida de cães e gatos doentes na própria casa. O indiano cobra dos tutores dos animais cerca de 15 centavos por milha para levá-los até os médicos, dinheiro que ajuda a continuar o projeto.

“Eu mantenho 5 a 6 cães de rua em casa – alguns com pernas quebradas – se não tiver lugar nos abrigos”, disse Balu.

INDIA_PALU_AMBULANCIA_1-600x338

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

INDIA_PALU_AMBULANCIA_2-600x338

INDIA_PALU_AMBULANCIA_3-600x360

22-e1455397167942

42-e1455397235665

62-e1455397222796

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

82-e1455397212445

92-e1455397205987

111-e1455397194560

131-e1455397184866

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Conheça a história completa:

via [MISTURA URBANA]

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,838,442SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Filhotes gêmeos de mico-leão-dourado em extinção nascem em São Paulo

E dois filhotes de mico-leão-dourado nasceram no início desse mês em um zooparque no interior de São Paulo. Essa é uma notícia maravilhosa! A boa...

Estudantes reivindicam que casais LGBTs entrem na quadrilha de festa junina – e conseguem!

No vídeo eles contam um pouco mais sobre tudo que passaram e reafirmam que não fizeram todo esse "alvoroço" com o objetivo de provocar nem chocar ninguém, mas sim distribuir a igualdade e trazer à tona uma discussão tão essencial nos dias de hoje.

Juiz autoriza casal homoafetivo a sacar FGTS para custear reprodução assistida

Graças ao saque parcial do seu FGTS, a advogada Mariane Stival e sua esposa, a empresária Jordana Stival, conseguiram realizar a reprodução assistida. Uma...

[VÍDEO] Desconhecida paga compras para mãe com filho pequeno sem dinheiro no caixa

Um vídeo de uma americana ajudando uma desconhecida na fila de um mercado viralizou nas redes sociais! Na gravação, é possível ver a mulher...

Instagram