Em 15 anos, indiano transforma ‘deserto’ em pomar com mais de 10 mil árvores

Parecia mais uma daquelas missões impossíveis, mas Satyendra Gautam Manjihi provou que somos nós quem criamos nossos próprios limites. O indiano transformou uma área desértica em um pomar com mais de 10 mil árvores.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Satyendra, da aldeia Imaliyachak, no estado de Bihar, começou o plantio das árvores 15 anos atrás, inspirado pelo “homem que moveu uma montanha”, Dashrath Manjhi. Hoje, onde não existia qualquer vestígio de vida, pulsa um mar verde!

“Dashrath Manjhi me disse para plantar um pomar nesta área. Naquela época, este lugar era árido e deserto e havia apenas areia por toda parte. Foi muito problemático no começo. A água teve que ser trazida para cá em um vaso para as plantas”, conta Satyeandra.

pomar goiabeiras
O pomar de Satyendra é formado predominantemente por goiabeiras. Foto: ANI

Eventualmente, os animais da região destruíam as mudas que Satyendra plantava. A solução foi cercar a área com arbustos espinhosos, mantendo os animais longe do pomar.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Inspiração

Dashrath Manjhi não é conhecido como o homem que moveu uma montanha por acaso. Sozinho, usando um martelo e um cinzel, abriu um caminho de 110 metros, ligando os vilarejos de Atri e Wazirganj. O ‘mentor’ de Satyeandra reduziu a distância de um lugar ao outro de 55 km para 15 km. Foram 22 anos de trabalho árduo para concluir a obra.

“Estou profundamente inspirado por Dashrath Manjhi. Uma vez ele me visitou em casa e me pediu para plantar as árvores aqui. Então, aceitei essa tarefa”, lembra.

Satyendra foi inspirado por Dashrath Manjhi, o “homem que moveu uma montanha”. Foto: ANI

Reconhecimento

Satyendra Gautam Manjhi possui mestrado pela Magadh University. Assim que o Ministro Chefe de Bihar soube de sua contribuição para o meio ambiente, o nomeou para a Comissão de Proteção à Infância. Atualmente, Satyendra é membro do Conselho da mesma instituição, ao mesmo tempo que cuida do pomar, formado predominantemente por goiabeiras – as frutas são comercializadas na região.

Satyendra e Dashrath não são os únicos indianos que realizaram feitos impressionantes. Fecho um trio com Loungi Bhuiya. Morador da mesma região que Satyendra e também inspirado por Dashrath, ele escavou um canal para levar água à sua vila.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Veja a reportagem:

Fonte: The Hindustan Times


Em linda homenagem, filha publica história escrita por pai sobre suas raízes. Dá o play e emocione-se com a gente!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,413,626SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Festival com curadoria de Lady Gaga arrecada R$ 679 milhões para luta contra coronavírus

O festival One World: Together At Home arrecadou US$ 127,9 milhões (R$ 679 milhões) para apoiar profissionais de saúde que estão lutando contra o...

Crianças em tratamento de câncer fazem trote para alunos de Medicina

A profissão médica é repleta de desafios. Esses profissionais carregam a missão de salvar vidas e recuperar muitas outras. Para isso, preparam-se por vários...

Após desapontar os pais, filho anuncia formatura com surpresa

“Por vocês comecei, por vocês terminei... Obrigado mãe e pai!”

Café em SP fortalece a tendência de trabalhar de bicicleta com assistência aos ciclistas

Hoje em dia, para quem vive em grandes centros urbanos, não é fora do comum o pensamento de abandonar o carro em casa e...

Mulher com doença óssea desafia limites e encontra nova maneira de tocar violino

Porque limites foram feitos para serem ultrapassados e a história da talentosíssima Gaelynn Lea Tressler, de Minnesota (EUA) mostra isso! Ela nasceu com um distúrbio...

Instagram