Menina indígena de 13 anos é nominada para ‘Nobel infantil da Paz’

Clique e ouça:

A garota indígena Autumn Peltier, aos 13 anos, acaba de ser indicada para o Global Children’s Peace Prize, considerado o ‘Nobel infantil da Paz’. Um reconhecimento mais que especial pelo trabalho que faz em defesa do meio ambiente no Canadá.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Apesar de estar entrando na adolescência, bastante nova, ela já se encontrou com algumas das principais lideranças globais. Peltier já liderou uma marcha em defesa da água e é a responsável por introduzir o primeiro0ministro canadense, Justin Trudeau, na Assembleia Geral das Nações, em 2016, segundo informações do Hypeness.

Leia também: 

Mulher salva 15 mil meninas de mutilação genital no Quênia

Vendedor de água virou palestrante e vai para Harvard

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Eu gosto de dividir a minha ideia de que a água é sacralizada. A Mãe Terra não precisa da gente, nós é que precisamos dela”, destacou a ativista indígena.

menina indígena nobel infantil paz
Peltier em encontro com o premiê canadense Justin Trudeau

Autumn consegue facilmente mobilizar pessoas para sua causa. Em novembro do ano passado, para citarmos só um exemplo, ela mobilizou as pessoas para bloquearem uma estrada no Canadá, chamando a atenção para a proteção da água.

A pequena ativista aproveita qualquer brecha para colocar em prática o que acredita. Durante um encontro com o primeiro-ministro canadense, ela manifestou seu descontentamento com as escolas do mandatário. Resultado: Trudeau prometeu mudar de postura.

“Disse que estava muito brava com as escolhas dele. Ele me respondeu dizendo compreender. Eu comecei a chorar e pensar na água”, disse Peltier ao Huffington Post Canadá.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O Global Children’s Peace Prize (‘Prêmio Internacional da Criança’, em tradução livre) elege anualmente uma criança que propõe ações para a defesa dos direitos das crianças e melhora a vida daquelas em situação de vulnerabilidade.

O prêmio foi criado em 2005, durante o Encontro Mundial de Prêmios Nobel da Paz, em Roma, na Itália, com a participação da UNICEF e da Anistia Internacional. Nomes como Desmond Tutu e Bob Geldof já apresentaram a cerimônia.

crédito da foto de capa: Via

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,074,695FãsCurtir
2,422,376SeguidoresSeguir
20,447SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Confeiteira é humilhada por cobrar taxa de entrega de R$2 e recebe apoio de internautas

A confeiteira Ângela Oliveira foi humilhada por uma cliente que se recusou a pagar a taxa de entrega do seu bolo de pote. Na troca...

Sogro anda de mãos dadas com genro para ajudá-lo a superar medo de sair na rua com o namorado

Fran guarda algumas memórias ruins de um passado recente, quando ele sofreu preconceito por ser homossexual. O jovem foi agredido fisicamente, além de ter passado...

Policial compra bolo de aniversário para jovem que chorava por terem esquecido a data

O que você faria se todo mundo que você conhecesse esquecesse de seu aniversário? Esta situação, hipotética para muitos, aconteceu com um garoto tailandês....

Após 8 anos presos em gaiolas, leões de circo são resgatados e pisam na grama pela primeira vez

Não é de hoje que percebemos uma mudança radical nos cuidados aos animais de circo. O público tem cobrado mais responsabilidade com espaço, alimentação...

Internautas impedem falência de camisaria de idoso e vaquinha arrecada mais de R$50 mil em menos de 24h

Genteee, conseguimos! Batemos a meta da vaquinha pro Seu Pedroso não perder sua pequena camisaria, que ele tem há 75 anos. A história do vovô...

Instagram

Menina indígena de 13 anos é nominada para ‘Nobel infantil da Paz’ 13