Comunidades indígenas do México criam sua própria rede de telefonia móvel

Cansados do serviço de telefonia móvel ruim nas zonas rurais, comunidades indígenas de cinco estados do México decidiram criar sua própria rede móvel. O serviço oferece ligações e mensagens gratuitas dentro da rede.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Só existe tarifa para falar com usuários de empresas comerciais: 50 centavos de pesos mexicanos para números fixos; 80 centavos para chamadas para celular e 29 centavos para chamadas para os Estados Unidos. Esta última tarifa beneficia pessoas que têm parentes na ‘Terra do Tio Sam’.

A criação dessas redes foi possível graças a uma concessão estabelecida na reforma das telecomunicações no México, de Uso Social e sem fins lucrativos – o dinheiro arrecadado é investido na própria concessão.

Presentes em comunidades dos estados de Chiapas, Guerrero, Oaxaca, Puebla e Veracruz, as redes formam a associação de Telecomunicações Indígenas Comunitárias A.C. Atualmente, existem 18 redes indígenas em operação, que atendem 3500 usuários.

Como funciona?

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A pessoa deve registrar o seu celular na rede e escolher um número novo. O registro tem um custo de 42 pesos. Deste valor, 15 pesos são destinados à manutenção e suporte técnico da rede; outros 15 ficam para a comunidade e servem para pagar gastos de operação, como energia elétrica e internet; dois pesos vão para um fundo de seguro compartilhado para dar apoio às redes em caso de acidentes ou intempéries e os 10 pesos restantes são para o usuário, que tem direito a chamadas e mensagens ilimitadas dentro da rede.

E a internet?

A meta é oferecer o serviço de internet móvel no início deste ano, para que os usuários possam utilizar aplicativos de mensagens, como WhatsApp e Telegram, entre outros.

Com informações do GCM

foto: desInformémonos

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,765,320SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Marido pinta mar na varanda de casa para a esposa matar saudade da praia

Nós ainda não estamos sabendo lidar com essa história tão linda de amor!!! Um marido pintou a varanda da própria casa de azul e...

Estudantes de SP desenvolvem jogos e apps para combater feminicídio e violência doméstica

Dois jovens desenvolvedores de games, Tayla Dantas e Mario Henrique Silva, criaram um game que pretende ajudar a combater o feminicídio, chamado Illis, disponível...

Empresa quer entender a nova relação dos ciclistas com a cidade e com isso contribuir com a mobilidade urbana

Nunca ouvimos falar tanto de bike como opção de locomoção, lazer ou atividade física, como nesses últimos anos, em especial depois que começou a...

Para fugir de homofobia, homem dorme há 10 anos em cemitério e precisa de um lar para morar

No olhar, Lorival Francisco, de 49 anos, carrega a face do abandono e da solidão de quem sofreu homofobia dentro da própria casa e,...

Aplicativo ‘Comida Invisível” combate desperdício de alimentos via geolocalização

O ‘Tinder de comida’ conecta restaurantes, bares, hotéis, buffets e pequenos mercados a creches, ONGs e até pessoas físicas que precisam de alimentos.

Instagram