Inspirado por policial negra, homem decide remover tatuagens de suásticas

A vida dá muitas voltas e nunca é tarde demais para reparar um erro, principalmente quando esse erro é carregado de ódio, como as suásticas tatuadas no corpo do norte-americano Michael Kent, ex-membro de um grupo de skinhead no estado do Arizona.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ouça essa história de superação. Clique no play acima!

Kent virou essa página na sua vida com a ajuda de uma policial negra, Thifanny Wittier, que ele conheceu quando cumpria sua condicional. Foi o que ele disse quanto entrou pela primeira vez em um estúdio de tatuagem – suas primeiras tatuagens foram feitas na cadeia.

“Se não fosse por ela, eu não teria mudado. Eu olho para ela como parte da minha família”, disse Kent ao canal ABC.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A policial sugeriu que Kent substituísse as bandeiras nazistas que tinha na sala de estar por quadros de pessoas sorrindo. “Não estou aqui para julgá-lo. Esse não é meu trabalho. Meu trabalho é ser uma pessoa positiva na vida de alguém”, contou a policial.

Desde aquele dia, a vida dele mudou para melhor. Kent trocou o ódio da supremacia branca por um trabalho em uma fazenda de criação de frangos, onde, aliás, todos os empregados são latinos. “Antes disso, eu não trabalharia para ninguém ou alguém que não fosse branco”, disse ele. “[Agora] temos festas da empresa e eu sou o único branco.”

Kent conheceu o estúdio Fallen Heroes Tattoo, onde passará por um processo de 15 horas para a remoção das suásticas, através de uma organização sem fins lucrativos que oferece remoções gratuitas de mensagens de ódio.

“Nunca, nunca estive dentro de uma loja de tatuagens, fazendo uma tatuagem profissional”, contou. Kent acredita que esse processo será positivo para a criação de seus dois filhos pequenos. “Eu não quero que meus filhos vivam a vida que vivi, com ódio. Eu quero que meus filhos me conheçam por quem eu sou agora. Um bom pai, um trabalhador, um provedor.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Foto: Reprodução

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,833,017SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Delegados oferecem cursinho preparatório para carreira policial em São Paulo para quem não pode pagar

A bolsa de estudo inclui material e acompanhamento individualizado durante 6 meses.

“Malala da Síria” luta contra o casamento de meninas com homens mais velhos em seu país

Aos 16 anos, a jovem Mezon Almellehan é conhecida como “Malala da Síria”. Mezon faz campanha pela educação e luta contra o casamento de...

Startup dá desconto na compra de roupa nova para quem doar uma peça

Tem coisa melhor do que comprar uma roupa nova, com desconto, e ajudar outra pessoa? É essa a ideia da startup Vista Um Sorriso,...

Casa de bolos contrata venezuelano que pedia emprego com cartaz

E não é que após 15 dias pedindo emprego numa rotatória em São Luís (MA) o venezuelano e chef de cozinha Joel Jesus Meléndez...

Homem viaja todos os dias para matar a sede de animais que vivem na seca

O queniano Patrick Kilonzo Mwalua teve a ideia de levar água para os animais depois de ver os efeitos do aquecimento global na região onde mora.

Instagram