Instituto Chefs Especiais comemora o Dia Internacional da Síndrome de Down de um jeito diferente

O Instituto Chefs Especiais realizará suas oficinas hoje de um jeito bem diferente para comemorar o Dia Internacional da Síndrome de Down (21 de março). A aula de hoje será feita por dois alunos, mais que especiais, que após terem tido contato e se apaixonarem pelo mundo da gastronomia no Instituto, decidiram levar a cozinha a sério.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A chef Laura ensinará a preparar um rocambole e o chef Paulo vai mostrar como fazer um delicioso drink para brindar esse dia importante. Para quem não conhece, o Instituto Chefs Especiais trabalha com um projeto de inclusão social usando a gastronomia como principal ferramenta na luta contra o preconceito e na promoção da inclusão social de portadores de síndrome de down.

“Ministrar as oficinas para outros alunos é um importante passo para os meninos e também para a sociedade. Por meio da gastronomia, esses jovens puderam desenvolver suas aptidões para essas atividades e hoje estão aqui, transmitindo seus conhecimentos para os outros alunos do Instituto Chefs Especiais. Assim, conseguimos mostrar à sociedade que as pessoas com Síndrome de Down são capazes e que seu trabalho deve ser valorizado e reconhecido”, conta Simone Berti, fundadora e idealizadora do Instituto Chefs Especiais.

Parabéns pela data!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM





Instituto Chefs Especiais comemora o Dia Internacional da Síndrome de Down de um jeito diferente 3

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,989,139SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Em seu último dia de quimioterapia, mulher é surpreendida com 500 flores coloridas por seu marido

Era o último dia de quimioterapia de norte-americana Alissa Bousquet. Se por esse motivo ela já estava muito feliz, após longo e difícil tratamento contra...

Keanu Reeves doou 70% de seu salário em “Matrix” para financiar pesquisas contra a leucemia

Keanu Reeves não é um típico ator de Hollywood. Desde que atingiu o estrelato, nos anos 1990, o ator de 57 anos já doou...

Veterinário de Mogi das Cruzes cuida de animais silvestres encontrados feridos em estradas

​Mais de 120 animais silvestres resgatados com ferimentos, em situação de risco, ou em áreas urbanas passaram pelas mãos do médico veterinário Jefferson Renan Araújo...

Marca faz diferente e leva comentários homofóbicos, racistas e preconceituosos para as telas como arte

A marca americana Nabisco / Honey Maid publicou recentemente um belíssimo comercial que contou com casais homossexuais e mestiços. Embora muitas pessoas que o...

Cerveja alemã é feita com pães que iriam para o lixo

“Nossa esperança é um dia podermos sair do negócio. O dia em que não houver desperdício de pão, a Toast Ale não poderá mais existir”, disse seu fundador, Tristam Stuart, ao jornal Folha de S. Paulo.

Instagram

Instituto Chefs Especiais comemora o Dia Internacional da Síndrome de Down de um jeito diferente 4