Intimus lança movimento #MenstruaçãoSemCensura, promove debate sobre o ciclo menstrual e apresenta intervenção artística

A Intimus, marca do grupo Kimberly-Clark, especialista em produtos de cuidado e higiene pessoal, lançou, no último dia 28/05, Dia Internacional da Menstruação, o movimento #MenstruaçãoSemCensura.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A iniciativa tem como objetivo incentivar a não censura ao ciclo menstrual nas redes sociais, ajudando na conscientização de que a menstruação é algo natural, e que é necessário falar e questionar os estigmas relacionados ao ciclo menstrual.

“O sangue menstrual deve ser tratado de forma natural, saudável. É biológico Não há motivo para censurar imagens com menstruação em redes sociais, pois não se trata de um conteúdo sensível ou que precisa ficar escondido. Precisamos normalizar fotos e conversas sobre o tema, por isso estamos lançando o movimento #MenstruaçãoSemCensura em uma data que é tão importante para Intimus®, que é o Dia Internacional da Higiene Menstrual. E trouxemos a arte para ajudar a refletir sobre o tema, ajudando a conscientizar a sociedade de forma leve e com conversas”, destaca Ronaldo Art, diretor de marketing da Kimberly Clark no Brasil.

Criada pela Ogilvy e executada pela agência de PR, PROS, a ação visa a usar expressões artísticas para impactar de forma positiva a sociedade. Para isso, no Brasil, Intimus® convidou a artista visual Kari (@7kari) para desenhar o sistema reprodutor feminino em um muro, localizado em São Mateus, zona leste de São Paulo.

desenho de sistema reprodutor feminino em muro questiona estigmas relacionados à menstruação
Foto: Reprodução

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para amplificar a narrativa, a marca conta com um time de embaixadoras e, pela primeira vez, com homens para ajudar a fomentar essa conversa. Participam da campanha as embaixadoras Thaynara OG (@thaynaraog), Luana Carvalho (@lxccarvalho), Bibi Tatto (@bibitatto), Theulyn Reis (@theulynreis) e Camila Pudim (@camilapudim), além das influenciadora Manu Mendes (@manumendes.rj), a artista plástica Cissa Victal (@pollicromia), o youtuber Christian Figueiredo (@christian_fig) e o influenciador Jonas Amador (@jonasamador).

E dando continuidade as ações que a marca já realiza para ajudar a questionar os estigmas da menstruação e contribuir para a diminuição da pobreza menstrual, foram promovidas mesas redondas com 120 jovens, realizadas por especialistas e aliados da Plan International em escolas públicas do Brasil, localizadas nas cidades de Camaçari e Salvador, na Bahia.

Nessas duas conversas, que aconteceram nos dias 31 de maio e 1º de junho, a marca distribuiu produtos de higiene menstrual e folhetos com conteúdo educativo sobre menstruação e saúde íntima. O principal objetivo da marca é promover hábitos de higiene adequados e ajudar a construir uma sensação de naturalidade a respeito da menstruação.

“Não é aceitável que quem menstrua continue a viver experiências limitantes, que impossibilitem a educação, o cumprimento de seus compromissos de trabalho ou uma vida cotidiana plena. A menstruação não pode ser um impedimento para o desenvolvimento e aspirações pessoais”, enfatiza Allan Sneider, Diretor de Marketing da Kimberly-Clark para América Latina.

Estigmas da Menstruação

Hoje, cerca de 30% (60 milhões) da população brasileira menstrua, segundo o relatório “Livre Para Menstruar” (Free to menstruate), realizado pela ONG Girl Up. São 1,24 milhão de meninas (11,6% do total de estudantes) que não têm papel higiênico disponível nos banheiros das escolas onde estudam.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Já entre as meninas de 10 a 19 anos, que deixaram de realizar alguma atividade (estudar, fazer tarefas domésticas, trabalhar ou até mesmo brincar) por “problemas de saúde”, nos 14 dias anteriores à data da investigação, 2,88% foram por problemas menstruais (apontaram a menstruação como o principal motivo de saúde para isso), segundo o relatório “Pobreza Menstrual no Brasil: Desigualdades e Violações de Direitos”, realizado pelo Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) e pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF).

Além disso, uma pesquisa realizada pela marca* revelou que, no Brasil:

  • Mais de um terço das entrevistadas acham que o período menstrual pode demonstrar “fragilidade”;
  • Mais da metade das entrevistadas na América Latina não se sentem à vontade para falar de menstruação com qualquer pessoa, principalmente se for homem. No Brasil, 44% delas se sentem à vontade para conversar com qualquer pessoa sobre o assunto e 43% das entrevistadas só se sentem à vontade para conversar com outras mulheres; 13% delas não se sentem à vontade para falar sobre o tema com ninguém.
  • No Brasil, 70% das entrevistadas acreditam que os homens não se sentem à vontade para falar de menstruação.
  • Três a cada dez não costumam ver conteúdo em que o tema é abordado naturalmente.

Com base nos resultados da pesquisa regional, a Kimberly-Clark, por meio de Intimus®, uniu o potencial da comunicação e a linguagem da arte para estimular a reflexão e divulgar informações sobre higiene menstrual. Afinal, por que a menstruação, a genitália feminina e as referências ao sangramento menstrual ainda são interpretadas, por pessoas e até algoritmos, como conteúdo vergonhoso ou violento?

Metas de Impacto Social 2030

Inovando ao cuidar das pessoas há 150 anos, a Kimberly-Clark está presente na vida de ¼ da população mundial, todos os dias, por meio de marcas que se tornaram líderes de categoria e icônicas ao longo de nossas vidas, em 175 países.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Um dos pilares das metas de sustentabilidade da Kimberly-Clark para 2030 é o compromisso de impactar positivamente 1 bilhão de pessoas em comunidades vulneráveis, melhorando sua qualidade de vida e bem-estar.

O propósito de prestar o melhor cuidado a todos, contribuindo para a construção de um mundo melhor, norteia todas as ações da Kimberly-Clark e se expressa, também, na mitigação de problemas nas comunidades onde está presente, com a ampliação de oportunidades e o estímulo da empatia, advogando pelas pessoas e pelo futuro delas.

Intimus®, por meio de campanhas como “Sou um novo ciclo”, que faz parte do programa “She Can” (Ela Pode), celebra o empoderamento feminino, por meio da eliminação de mitos e percepções negativas sobre a menstruação.

Em 2020 e 2021, a marca impactou positivamente um total de 554 mil pessoas na América Latina, graças às doações de 9,5 milhões de unidades de produtos de higiene menstrual, feitas em ações e alianças com ONGs, regional e localmente, como Cruz Vermelha, Banco de Alimentos e Plan International.

*Fonte: pesquisa realizada pela marca Intimus®/Kotex em maio de 2022, por meio de suas contas locais do Instagram, em países da América Latina. Número de respostas obtidas: 1.469.

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Intimus lança movimento #MenstruaçãoSemCensura, promove debate sobre o ciclo menstrual e apresenta intervenção artística 1

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,977,244SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Espetacular! Deserto do Atacama, o mais árido do mundo, está coberto de flores

Um dos cenários mais secos do mundo se rendeu às flores dessa primavera. Fotos do Deserto do Atacama, no Chile, mostram como todo esse...

Casados há 73 anos, homem conforta sua esposa no hospital com linda canção

Os avós de Erin Solari, Howard e Laura, são casados há 73 anos. Solari gravou um momento doce entre eles no centro de cuidados paliativos onde...

Sem burocracia, bebês vão sair da maternidade com RG e CPF

A partir do mês que vem, todos os bebês que saírem da maternidade no Rio de Janeiro terão na sua certidão de nascimento os...

Vídeo de vovó pulando corda e esbanjando vitalidade conquista web – assista!

Como não morrer de amores por essa senhorinha?! 😍❤️⠀ Em um vídeo precioso postado pelo Razões no Instagram, uma vovó aparece pulando corda melhor do que muita...

Atendentes de drive thru oram com cliente que perdeu marido um dia antes

Uma atitude solidária não tem hora, nem lugar marcado para ocorrer. Simplesmente acontece. A norte-americana Barbara Danner é uma testemunha disso. Há quatro anos, ela...

Instagram

Intimus lança movimento #MenstruaçãoSemCensura, promove debate sobre o ciclo menstrual e apresenta intervenção artística 2