Irmãos atravessam os EUA de bicicleta em prol da luta contra a fome

A idéia de fazer uma viagem cansativa de 6 mil quilômetros de bicicleta, com noites dormindo debaixo de mesas de piquenique e acordando as 4 da manhã, pode parecer triste para a maioria das pessoas. Mas para os irmãos Gagnon, foi uma aventura que mal podiam esperar, pois ela teria o foco de ajudar uma causa que eles acreditam: a luta para acabar com a fome das crianças em Detroit.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os ciclistas amadores Jon Gagnon de 22 anos e Chris de 24 anos de Ferndale, Michigan, no dia 3 de setembro pedalaram em uma viagem de bicicleta de costa a costa, de 45 dias, terminando em Washington no dia 17 de outubro.

Antes de começarem, eles lançaram uma campanha de doação que já levantou mais de US $17.000 para a instituição No Kid Hungry, Sem Crianças com Fome. Jon se familiarizou com a NKH, enquanto trabalhava de voluntário em um programa de verão do AmeriCorps. Hoje ele é empregado da GroundWerx.CI, uma organização sem fins lucrativos de Detroit que trabalha em parceria com a NKH.

fome-ciclismo-2 fome-ciclismo-3

Foto: Cortesia de Chris e Jon Gagnon

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Durante sua aventura de bicicleta, os irmãos Gagnon viram fome em todo o país. Muitas vezes, nas comunidades rurais que passavam, elas tinham apenas uma pequena loja. Jon ligava o que ele viu ao cenário de comida em Detroit, que embora tenha dezenas de lojas de mantimentos, o acesso a alimentos saudáveis ainda é uma dificuldade.

Isso se reflete em um uma rede nacional de bancos de alimentos que serve 46,5 milhões de americanos anualmente. A organização pesquisou as pessoas que procuravam sua ajuda e constataram que 79% das famílias relataram a compra da comida mais barata possível para alimentar suas famílias, seja esta saudável ou não. Sem contar que 67% da população de Detroit ainda escolhem entre comida e transporte, o que mostra que o transporte público também é uma barreira.

Um dos desafios mais estressantes durante a aventura aconteceu no sul de Utah, onde encontraram um viajante que mostrou a eles um atalho. No dia seguinte, tentaram pegar o atalho recomendado, mas acabaram se perdendo e ainda acabaram por andar a pé no deserto por mais de 35 quilômetros. O caminho de terra batida tornou impossível o uso da bicicleta.

fome-ciclismo-4 fome-ciclismo-5

Foto: Cortesia de Chris e Jon Gagnon

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Certo momento eles finalmente desistiram e começaram o caminhando de volta com o pôr do sol. A caminhada de retorno durou mais de quatro horas. Sem água, com fome e mal conseguindo ficar em pé, eles eventualmente chegaram a um lugar com serviço de celular e chamaram os guardas do parque para ajudar.

fome-ciclismo-6

Foto: Cortesia de Chris e Jon Gagnon

“Nossa aventura pelo deserto é um bom lembrete da importância da luta contra a fome na juventude do nosso país. Estar com fome não só faz seu estômago roncar. Drena sua energia, rouba seu foco e faz com que as ações mais simples tornem-se impossíveis.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,769,066SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Casal de irlandesas é o primeiro no país a registrar dupla maternidade na certidão das filhas

A única coisa que deveria importar no processo de formação de uma família é o amor! Felizmente, o mundo começa a caminhar rumo à...

Uma vida com vitiligo: da dificuldade de se autoceitar à voz de 4 milhões de brasileiros

“O olhar do outro é mais importante do que o seu próprio olhar?” O Akin Cavalcante entendeu que a resposta é não, mas levou...

Fisioterapeuta cancela férias para ajudar jovem com fratura a entrar para a Aeronáutica

Quando amamos o que fazemos, podemos sacrificar até as sonhadas férias em virtude do nosso trabalho. Foi esse o esforço que o fisioterapeuta Everton...

A importância de resgatar memórias na terceira idade

Por Laura Gonçalves Sucena Fortalecer vínculos familiares e de convívio e promover a autonomia e a sociabilidade são alguns dos objetivos do Balaio de Memórias....

Após 60 anos, fotos confiscadas de casal gay são finalmente reveladas

Em 1957, um jovem rapaz foi a uma loja de fotografia próxima ao bairro onde vivia, na cidade da Filadélfia (EUA), para revelar suas...

Instagram