Irmãos separados quando eram bebês recém-nascidos se encontram após 50 anos

Cerca de cinquenta anos após serem separados quando eram bebês, três irmãos biológicos que foram adotados por famílias diferentes se reencontraram nesta semana.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

De acordo com o portal Mirror, a mãe biológica ficou apenas com Moira Tonge, hoje com 52 anos. Os irmãos Steve Austin e Caroline Byass foram adotados por desconhecidos logo que nasceram e não sabiam da existência um do outro.

irmãos separados quando bebês se reencontram

Graças ao apoio de um programa de TV do Reino Unido e após anos de pesquisa, o reencontro deles se viabilizou. E como não dá para recuperar o tempo perdido, agora eles querem aproveitar cada instante juntos!

Família perdida

Pouco depois de atingir a maioridade, Steve, o irmão do meio, quis conhecer a mãe e iniciou uma busca intensa por ela. Na época, ele sabia apenas o nome: Mavis Eglington.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

irmãos separados quando bebês se reencontram

Com o auxílio de listas telefônicas de diversas cidades do país, ele encontrou a irmã mais nova, Moira.

Eles conseguiram estabelecer contato e, nos últimos 30 anos, viveram como família. No entanto, foi em 2020, quando a mãe deles faleceu, que a notícia de uma nova irmã surgiu.

Através de parentes, Steve e Moira descobriram que havia mais uma menina, que também tinha sido dada para adoção quando bebê.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Auxílio da imprensa

Os irmãos não conseguiram encontrá-la, então recorreram ao programa Steve Long Lost Family, da ITV, que conseguiu rastrear Caroline.

Carol é a irmã mais velha (dos 3) e afirmou ao programa que não sabia da existência da família. Quando jovem, seus pais adotivos lhe contaram sobre a adoção, mas não sabiam do paradeiro e nem do nome da mãe biológica da filha.

A descoberta surpreendente foi um misto de sentimentos para ela. “Não há adjetivos suficientes para descrever o que eu senti – medo, entusiasmo e honra de que alguém fosse tão longe para me encontrar”, explica Caroline.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ela também explicou que nunca se encaixou na família, mesmo eles sendo muito legais. “Eu vivi toda a minha vida sem me parecer com ninguém, então é estranho agora saber que pertenço a algum lugar”, concluiu.

Veja também:

Fonte: Mirror UK
Fotos: Arquivo pessoal

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,265,903SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Dentista fecha consultório para cuidar de cães abandonados

O grego Theoklitos Proestakis abriu um abrigo para acolher cães abandonados por seus antigos donos em razão da crise financeira que vive a Grécia....

Influenciador nigeriano compra carro novo para mãe: ‘Me amou e me apoiou muito antes da fama’

Um popular influenciador da Nigéria decidiu comprar um carro para a mulher que o apoiou incondicionalmente em sua jornada para se tornar uma estrela...

VOAA e Instituto Alok entregam 1,4 toneladas de sementes para aldeias indígenas recuperarem plantações no Acre

Em Fevereiro de 2021, 10 cidades do Estado do Acre foram atingidas pela que foi considerada a pior enchente dos últimos anos. Como resultado,...

Empório oferece caixas de leite para famílias carentes em GO: ‘Só pegar e levar’

"Conhece uma família que não tem condições de comprar um litro de leite? Leve 1 litro para essa família!", diz uma mensagem pregada na...

Esses gatinhos fofos pensam que são os donos das lojas que ‘invadiram’; confira as fotos

Os gatos levam fama, injustamente, de serem indiferentes e por vezes egoístas. Na realidade, os bichanos são independentes e cheios de personalidade - e...

Instagram