Irmãos separados quando eram bebês recém-nascidos se encontram após 50 anos

Cerca de cinquenta anos após serem separados quando eram bebês, três irmãos biológicos que foram adotados por famílias diferentes se reencontraram nesta semana.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

De acordo com o portal Mirror, a mãe biológica ficou apenas com Moira Tonge, hoje com 52 anos. Os irmãos Steve Austin e Caroline Byass foram adotados por desconhecidos logo que nasceram e não sabiam da existência um do outro.

irmãos separados quando bebês se reencontram

Graças ao apoio de um programa de TV do Reino Unido e após anos de pesquisa, o reencontro deles se viabilizou. E como não dá para recuperar o tempo perdido, agora eles querem aproveitar cada instante juntos!

Família perdida

Pouco depois de atingir a maioridade, Steve, o irmão do meio, quis conhecer a mãe e iniciou uma busca intensa por ela. Na época, ele sabia apenas o nome: Mavis Eglington.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

irmãos separados quando bebês se reencontram

Com o auxílio de listas telefônicas de diversas cidades do país, ele encontrou a irmã mais nova, Moira.

Eles conseguiram estabelecer contato e, nos últimos 30 anos, viveram como família. No entanto, foi em 2020, quando a mãe deles faleceu, que a notícia de uma nova irmã surgiu.

Através de parentes, Steve e Moira descobriram que havia mais uma menina, que também tinha sido dada para adoção quando bebê.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Auxílio da imprensa

Os irmãos não conseguiram encontrá-la, então recorreram ao programa Steve Long Lost Family, da ITV, que conseguiu rastrear Caroline.

Carol é a irmã mais velha (dos 3) e afirmou ao programa que não sabia da existência da família. Quando jovem, seus pais adotivos lhe contaram sobre a adoção, mas não sabiam do paradeiro e nem do nome da mãe biológica da filha.

A descoberta surpreendente foi um misto de sentimentos para ela. “Não há adjetivos suficientes para descrever o que eu senti – medo, entusiasmo e honra de que alguém fosse tão longe para me encontrar”, explica Caroline.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ela também explicou que nunca se encaixou na família, mesmo eles sendo muito legais. “Eu vivi toda a minha vida sem me parecer com ninguém, então é estranho agora saber que pertenço a algum lugar”, concluiu.

Veja também:

Fonte: Mirror UK
Fotos: Arquivo pessoal

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,758,975SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Cãozinho chora ao reencontrar dono após três anos perdido

Como você reagiria se reencontrasse seu cachorro perdido há mais de três anos? Provavelmente, você já havia até perdido as esperanças de reencontrá-lo, mas...

Lego lança linha de produtos sustentáveis feitos de cana de açúcar

A Lego é uma das empresas mais queridas de todos os tempos, já falamos algumas histórias aqui e aqui. Seus brinquedos são inteligentes e...

Conheça a história inspiradora dos fundadores do site Hypeness e Casal sem Vergonha

Conheça a história dos criadores do site Hypeness e Casal Sem Vergonha retratada pelo olhar observador do projeto continuecurioso. Num fim de semana de...

Torcedor é ofendido por usar camisa falsa e Goiás providencia uma original para ele

Stanley Marques, de 21 anos, é torcedor fiel do Goiás e no primeiro dia deste ano publicou uma foto em seu Twitter vestido com...

Senhor de 65 anos se reinventa em meio à pandemia e garante renda criando cursos online

Mesmo depois de ter o contrato encerrado na antiga empresa, o senhor Edson Andrade, 65 anos, não desistiu. Com a ajuda do filho, Leonardo...

Instagram