Irmãs indianas que nasceram cegas enxergam o mundo pela primeira vez

As irmãs Sonia e Anita, de 12 e 6 anos, nasceram sem a visão. Assim como milhões de indianos rurais, a família das irmãs não tinha dinheiro para buscar um tratamento. O caso de cegueira das meninas poderia ser resolvido em 15 minutos – o tempo da a remoção do cristalino com problemas e a reposição de lentes – mas a falta de dinheiro sempre pesou na situação. A cegueira em países subdesenvolvidos infelizmente é muito comum e séria, que causa muita dor e sofrimento, já que uma pessoa cega, nesses casos, não é capaz de manter seu plantio, sua família, o seu trabalho e crianças são incapazes de frequentar a escola.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uma ONG chamada 20/20/20, especialista em restaurar a visão em deficientes visuais, apareceu na vida das duas irmãs e de muitas outras pessoas em 40 países mais pobres para devolver a eles a condição de viver bem e enxergar o mundo. Com $300 é possível realizar a cirurgia e devolver às pessoas a capacidade de ver!

O vídeo abaixo mostra a vida das garotas antes da cirurgia, o pré operatório muito emocionante e cheio de esperança, e finalmente elas observando a vida com os próprios olhos:

indianas indianas2 indianas3 indianas4 indianas5

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia a matéria na íntegra aqui.

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,755,527SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Após casa de idoso ser ofendida por adolescentes, comunidade faz grande surpresa para ajudar

Tudo começou no mês passado, depois que dois adolescentes em Pendleton, Oregon, insultaram um homem de 75 anos de idade sobre a condição de sua...

Internautas fazem vaquinha para família de menino que viu a mãe morrer atropelada para salvá-lo

O pequeno Tharick Leandro, 4 anos, passou recentemente por um momento trágico em sua curta trajetória de vida. O menino foi atropelado por uma...

Estudantes reivindicam que casais LGBTs entrem na quadrilha de festa junina – e conseguem!

No vídeo eles contam um pouco mais sobre tudo que passaram e reafirmam que não fizeram todo esse "alvoroço" com o objetivo de provocar nem chocar ninguém, mas sim distribuir a igualdade e trazer à tona uma discussão tão essencial nos dias de hoje.

Crianças na Holanda vão à escola em ônibus-bicicleta e isto é maravilhoso

Crianças de 4 a 12 anos aprendem os benefícios de exercitar o corpo e noções de trânsito que elas levarão para a vida toda.

Kate Middleton usa calça de apenas 25 dólares em compromisso real

Ser “chique” não é usar as roupas mais caras e luxuosas. Chique, pelo menos para a princesa Kate Middleton, esposa do príncipe William, é...

Instagram