Japonês passa dois anos plantando milhares de flores para esposa cega poder cheirar

Basta um pouco de criatividade para superarmos problemas aparentemente sem solução, e é o que não falta para esse japonês.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O senhor e a senhora Kuroki são trabalhadores rurais na cidade japonesa de Shintomi. A senhora Kuroki ficou cega após complicações causadas pelo diabetes. A perda da visão a deixou pra baixo a ponto de se trancar em casa.

Querendo resgatar a alegria da amada, o senhor Kuroki plantou um incrível e gigantesco jardim, durante dois anos, para que ela pudesse desfrutar de toda sua beleza usando outros sentidos, como o olfato.

O lindo jardim resgatou seus sorrisos e hoje é um dos lugares mais procurados na cidade por quem quer conhecer de perto essa história de amor.

Veja o vídeo:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

w704

w704 (5)

w704 (4)

w704 (3)

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

w704 (2)

w704 (1)

via [Hypeness]

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,498,345SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Polícia adota cães abandonados para virarem seus companheiros de trabalho

Policiais da cidade de Quilpué, no Chile, estão recrutando cães abandonados para virarem seus companheiros de trabalho e darem aos bichinhos uma vida mais...

Entregador usa mochila para fazer propaganda e buscar estágio em Engenharia

Em tempos de crise é a criatividade que se destaca. Pode parecer clichê, mas é fato. E é isso o que está fazendo o...

Ele nasceu na zona de guerra, mas seu destino sempre foi cantar!

Conheçam a história de Emmanuel Kelly, um iraquiano, nascido durante a guerra, e que foi adotado por uma das voluntárias, e que conta sobre...

Estudante da USP acalma passageira de ônibus com gesto simples e silencioso

O relato de gratidão de uma mulher que foi consolada de maneira simples e singela por uma jovem estudante cativou as redes sociais recentemente.

Nessa aldeia todos falam língua de sinais para que pessoas surdas não sejam excluídas

Na remota aldeia de Bengkala, em Bali, cada um dos 3 mil habitantes consegue se comunicar fluentemente em kata kolok, uma língua de sinais,...

Instagram