Jardineiro vende papelão durante um ano em SP para se tornar paisagista

Durante um ano inteiro, o jardineiro e paisagista Wallace Sinhorelli vendeu papelão em uma carroça para pagar um curso de paisagismo no SENAI. O curso custou R$ 420 e ajudou Wallace a aprimorar suas habilidades para oferecer um serviço ainda melhor aos futuros clientes.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Wallace começou a trabalhar com paisagismo há nove anos, na região da Vila Formosa, em São Paulo. Mas, ele garante que aceita trabalhos em qualquer lugar da cidade. E foi num dia desses, batendo de porta em porta para oferecer seus serviços, que ele conheceu Gustavo Cirillo, que recentemente escreveu um post no Facebook contando a história de Wallace.

Leia também: Catadora vai à formatura carregando as latinhas que pagaram sua faculdade

O jardineiro fiel

Gustavo conta que a casa onde Wallace morava, em uma favela na Penha, pegou fogo e foi destruída, após ele terminar o curso no SENAI. Wallace, sua filha de 9 anos e sua mãe, de 96, tiveram que se mudar para uma casa alugada, o que causou um desequilíbrio nas finanças da família.

Ao postar a história, Gustavo espera que surjam pessoas interessadas nos serviços oferecidos por Wallace, pois ele é muito dedicado ao que faz. Portanto, se alguém estiver precisando de um jardineiro ou paisagismo, é só  entrar em contato com Wallace pelo telefone (11) 98818-2533.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

jardineiro

jardineiro

Fotos: Reprodução/Facebook

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,843,411SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Médico trata pacientes pobres do seu carro: “Me pare se precisar de um médico”

Um médico do Iêmen, país devastado pela guerra e que agora luta contra o coronavírus, oferece consultas médicas gratuitas em seu carro. “Me pare se...

O que podemos aprender com o depoimento deste jovem que trabalha no McDonald´s

Falar mal do emprego do outro é fácil e simples. Não importa o seu cargo, todo trabalho é digno e merece ser respeitado. Mais...

‘Superpai’ tatua prótese para homenagear filha que teve perna amputada

Para homenagear a filha e "ficar mais parecido com ela", o comerciante Tulio Catelani tatuou uma prótese em sua perna direita, tal qual Valentina...

Desafio busca ideias inovadoras para amenizar impactos do aquecimento global

O que você pode fazer pelo planeta hoje? Se tem projetos em andamento ou a mente borbulhando soluções interessantes para problemas contemporâneos, é melhor...

Fotos apaixonantes de crianças interagindo inocentemente com esculturas

Por que a gente perde aquela coisa sincera que só as crianças têm? Aquela coisa de amar tudo e todos, incluindo objetos, como se eles...

Instagram