Joalheria que faz produtos com lascas de parede só contrata mulheres em situação de rua

Clique e ouça:

O reaproveitamento de materiais é uma solução extremamente inteligente e criativa para que a gente viva em um mundo mais sustentável e menos consumista. Mas você já imaginou que seria possível reaproveitar aquelas lascas de parede velha depois que se soltam e caem no chão? Pois é! Nem eu! Mas sim, é possível!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os pedaços de parede são transformados em colares, anéis, brincos e braceletes e essa ideia genial foi da designer Amy Peterson, que vive em Detroit e desenvolveu a marca Rebel Nell, em 2012.

Mas o melhor de tudo é que ela só emprega mulheres em situação de rua, que além de terem suas vidas transformadas através da arte, recebem aulas de planejamento financeiro, com o objetivo de facilitar e impulsionar a saída delas dessa situação.

Até hoje a designer já empregou 15 mulheres, sendo que 6 delas reergueram-se e saíram da empresa para ir trabalhar em outros lugares! Isso não é incrível?

E não para aí! Para os próximos anos, Amy pretende expandir a “matéria-prima” , importando pedaços de muro de outras cidades do mundo! Eu quero um para já!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Saca só o vídeo e veja como esse trabalho é importante e lindo!

Joalheria que faz produtos com lascas de parede só contrata mulheres em situação de rua 1 Joalheria que faz produtos com lascas de parede só contrata mulheres em situação de rua 2 Joalheria que faz produtos com lascas de parede só contrata mulheres em situação de rua 3

Crédito de fotos: Rebel Nell – divulgação – Com informações de The Greenest Post

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,079,218FãsCurtir
2,422,376SeguidoresSeguir
20,858SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Após humilhação, motoboy ganha mais de R$190 mil em vaquinha, moto nova e é contratado por agência de marketing

Em menos de 24 horas, batemos a meta da vaquinha na VOAA para ajudar o motoboy Matheus a dar a volta por cima, depois...

Sogro anda de mãos dadas com genro para ajudá-lo a superar medo de sair na rua com o namorado

Fran guarda algumas memórias ruins de um passado recente, quando ele sofreu preconceito por ser homossexual. O jovem foi agredido fisicamente, além de ter passado...

Confeiteira é humilhada por cobrar taxa de entrega de R$2 e recebe apoio de internautas

A confeiteira Ângela Oliveira foi humilhada por uma cliente que se recusou a pagar a taxa de entrega do seu bolo de pote. Na troca...

Vaquinha para motoboy humilhado bate mais de R$100 mil em menos de 24h

Todo mundo acordou ontem precisando engolir a seco a história do Matheus Pires, de Valinho (SP). Vivemos em um país onde ainda há muita indiferença...

Homem raspa cabelo da namorada com alopecia, depois o seu também e ela não aguenta a emoção

Quando a gente escuta que amar não tem limites, a gente fala de gestos como o de Damien! Ele namora Eva Barilaro e, recentemente, os...

Instagram

Joalheria que faz produtos com lascas de parede só contrata mulheres em situação de rua 17