João Gordo distribui ‘marmitas veganas’ para população de rua de SP

João Gordo tem cara de ‘velho ranzinza’, como o próprio se define na sua bio do Instagram, mas ele prova que solidariedade não tem rosto.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Junto com sua esposa, Vivi Torrico, o músico e empresário lançou uma campanha de distribuição de ‘marmitas veganas’ para moradores em situação de rua de São Paulo.

A população de rua é um dos grupos mais atingidos pela crise do coronavírus, ao lado dos moradores de favelas e profissionais autônomos.

Para se alimentar, essas pessoas dependem de doações, mas elas diminuíram com o avanço do Covid-19.

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Solidariedade Vegan (@solidariedadevegan) em

João Gordo sabe disso e por isso criou o Solidariedade Vegan. O dinheiro para fazer as primeiras marmitas saiu do bolso de João e da esposa. Cada uma tem um custo de R$ 15.

As marmitas são distribuídas na região do Bixiga, perto da Central do Panelaço, restaurante vegano de João Gordo, que está fechado desde o início do mês passado por causa da pandemia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Solidariedade Vegan (@solidariedadevegan) em

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Nossas marmitas são veganas pois acreditamos que além de um alimento acolhedor e saudável, queremos semear a energia de vida e o respeito/sinergia com todos os seres do planeta.”

selfie joão gordo e sua esposa
Projeto é uma iniciativa de João Gordo e de sua esposa, Vivi Torrico. Foto: Reprodução/Instagram @jgordo

Participe do nosso canal no Telegram e receba todas as matérias e novidades do Razões, clique aqui.

Vaquinha

João pretende doar 100 refeições diárias entre abril e maio: 3 mil refeições em abril e mais 3 mil em maio.

Isso tem um custo alto, bem maior do que João e a esposa conseguem arcar sozinhos.

O Solidariedade Vegan aposta em uma vaquinha online para levantar o dinheiro necessário. A meta para cada mês da campanha é de R$ 50 mil.

“Aos que tiverem condições de colaborar com as entregas das marmitas veganas, também serão bem-vindos. Até o momento, o pessoal do projeto social e cultural Pimp My Carroça, que visa tirar os catadores da invisibilidade por meio da arte e da coletividade, está auxiliando com as entregas.”

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Solidariedade Vegan (@solidariedadevegan) em


Outra opção, além da vaquinha, é fazer depósitos em uma conta bancária. O Solidariedade Vegan tem uma conta no Instagram (@solidariedadevegan), onde compartilha atualizações do projeto e outras informações relevantes.

Canal Coronavírus: veja boas notícias, vagas home-office e como ajudar pequenos negócios clicando aqui.

Fotos de capa: Reprodução/Instagram @jgordo e @solidariedadevegan

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,520,475SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

O hip-hop como uma ferramenta de transformação social em Uganda

Se procurarmos um pouco encontraremos na internet muitos casos de esportes/dança que mudaram a realidade de jovens no Brasil e no mundo. Mas como...

Esta Igreja parece não ter nada de especial, até vê-la de diferentes ângulos

O grupo de arquitetos, Gijs Van Vaerenbergh, construiu esta igreja em Borgloon, Bélgica. Ela a princípio não parece ter nada de especial, até que você...

Cachorro perdido em alto-mar é salvo por petroleiros na Tailândia

Um cachorrinho exausto foi encontrado nadando sem parar a quase 200 quilômetros da costa da Tailândia, no sudeste asiático. Talvez, para ele, tudo estava perdido,...

99 e Vamos Juntas treinam motoristas para promover corridas seguras para mulheres

Mais de 200 motoristas participaram da iniciativa que faz parte das ações para o Dia da Mulher e conta com Workshop presencial, online e cartilhas  Em março, a 99 realizou um Workshop presencial para motoristas que aceitaram...

Após vaquinha garoto refugiado que pediu comida a policiais aluga casa para família

Olha que fim maravilhoso teve a história do Edwin! Para quem não lembra, em novembro do ano passado ele viralizou após encostar em uma...

Instagram