João Gordo distribui ‘marmitas veganas’ para população de rua de SP

João Gordo tem cara de ‘velho ranzinza’, como o próprio se define na sua bio do Instagram, mas ele prova que solidariedade não tem rosto.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Junto com sua esposa, Vivi Torrico, o músico e empresário lançou uma campanha de distribuição de ‘marmitas veganas’ para moradores em situação de rua de São Paulo.

A população de rua é um dos grupos mais atingidos pela crise do coronavírus, ao lado dos moradores de favelas e profissionais autônomos.

Para se alimentar, essas pessoas dependem de doações, mas elas diminuíram com o avanço do Covid-19.

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Solidariedade Vegan (@solidariedadevegan) em

João Gordo sabe disso e por isso criou o Solidariedade Vegan. O dinheiro para fazer as primeiras marmitas saiu do bolso de João e da esposa. Cada uma tem um custo de R$ 15.

As marmitas são distribuídas na região do Bixiga, perto da Central do Panelaço, restaurante vegano de João Gordo, que está fechado desde o início do mês passado por causa da pandemia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Solidariedade Vegan (@solidariedadevegan) em

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Nossas marmitas são veganas pois acreditamos que além de um alimento acolhedor e saudável, queremos semear a energia de vida e o respeito/sinergia com todos os seres do planeta.”

selfie joão gordo e sua esposa
Projeto é uma iniciativa de João Gordo e de sua esposa, Vivi Torrico. Foto: Reprodução/Instagram @jgordo

Participe do nosso canal no Telegram e receba todas as matérias e novidades do Razões, clique aqui.

Vaquinha

João pretende doar 100 refeições diárias entre abril e maio: 3 mil refeições em abril e mais 3 mil em maio.

Isso tem um custo alto, bem maior do que João e a esposa conseguem arcar sozinhos.

O Solidariedade Vegan aposta em uma vaquinha online para levantar o dinheiro necessário. A meta para cada mês da campanha é de R$ 50 mil.

“Aos que tiverem condições de colaborar com as entregas das marmitas veganas, também serão bem-vindos. Até o momento, o pessoal do projeto social e cultural Pimp My Carroça, que visa tirar os catadores da invisibilidade por meio da arte e da coletividade, está auxiliando com as entregas.”

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Solidariedade Vegan (@solidariedadevegan) em


Outra opção, além da vaquinha, é fazer depósitos em uma conta bancária. O Solidariedade Vegan tem uma conta no Instagram (@solidariedadevegan), onde compartilha atualizações do projeto e outras informações relevantes.

Canal Coronavírus: veja boas notícias, vagas home-office e como ajudar pequenos negócios clicando aqui.

Fotos de capa: Reprodução/Instagram @jgordo e @solidariedadevegan

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,279,775SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Câmera de monitoramento para coibir criminosos flagra boas ações em Pernambuco

Gentilezas acontecem em todos os lugares, diariamente. O problema é que não sabemos enxergá-las ou mesmo valorizá-las. Mas, quando menos se espera, você vê...

Com vaquinha, filha de agricultor que teve roça cultivada por vizinhos faz tratamento e está recuperada

Vocês lembram da história da família do seu Adauto? Ele teve a terra cultivada por vizinhos, enquanto buscava tratamento para as duas filhas, que...

Casal de médicos abre hospital barato na Índia com consultas por 10 reais

Sabemos que em nosso país, a saúde pública tem seus problemas e limitações, e mesmo a saúda privada tem seu preço, que geralmente é...

Reunimos os piores-melhores trocadilhos com sobrenomes que vocês nos mandaram

Ah, a internet.. no meio de tanta coisa acontecendo em nosso país e no mundo, é importantíssimo aliviarmos um pouco e darmos boas risadas,...

Após anos de pesquisa, cientista de Cambridge está a um passo da cura da esclerose múltipla

Uma cientista da Universidade de Cambridge está a um passo da cura da esclerose múltipla, graças às células imunológicas que podem ser 'reinicializadas'.

Instagram

João Gordo distribui ‘marmitas veganas’ para população de rua de SP 1