Desclassificada por ‘parecer um menino’, jogadora se torna craque e ganha apoio de famosos

Quando tinha oito anos, Mili Hernandez foi impedida de participar da final de um torneio de futebol por ser acusada de ‘parecer com um menino’ por usar um corte de cabelo mais curto.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Momentos antes do seu time estar prestes a competir no torneio Springfield Soccer Club 2017, o treinador recebeu a notícia de que elas haviam sido desclassificadas da partida de futebol.

Além de ter um erro de impressão na lista do time que identificava a garota como um menino, uma desconhecida chamada ‘Karen’ também registrou a mesma reclamação aos responsáveis pelo torneio.

menina cortando cabelo
Foto: Omaha

As companheiras do time se solidarizaram e cortaram os cabelos como parte de um protesto pela discriminação sofrida por Mili. “Só porque pareço um menino, não significa que sou um. Eles não têm um motivo para expulsar todo o time”, explicou Mili.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

meninas em capo futebol com cabelos cortados
Foto: Omaha

Determinação

Mesmo depois desse episódio infeliz, a jovem jogadora de futebol se recusou a desanimar com a discriminação e, agora, aos 12 anos, Mili é uma das melhores jogadoras de Nebraska (EUA), estado onde nasceu.

Ela até foi reconhecida e apoiada por alguns dos maiores nomes do esporte feminino, incluindo Mia Hamm e Abby Wambach, ex-jogadoras de futebol, e Billie Jean King, ex-tenista norte-americana.

Hoje, ela participa do Programa de Desenvolvimento Olímpico (ODP) de Nebraska, um ambiente de futebol altamente seletivo patrocinado pela US Youth Soccer, que trabalha para identificar e fornecer oportunidades para jogadoras de alto potencial.

A jogadora Mili Hernandez é a craque do seu estado
Uma verdadeira craque, em todos os sentidos! Foto: Omaha

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Sua determinação e força de vontade fizeram dela a melhor jogadora do estado. Aliás, ela ainda usa seu lindo corte de cabelo curto. Tá bom pra vocês? Arrasa, garota! 💜⚽

Fontes: Omaha e Tanks Good News


Sabe quem também venceu o preconceito? A Sid ‘Furiosa da Bahia.’ Dá um play!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,646,211SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Como ajudar moradores do ES e BH que perderam suas casas após fortes chuvas

Ainda há previsão de chuvas intensas nesses estados para essa semana. Uma rede de solidariedade tem sido formada entre os moradores.

Pai solteiro que cresceu em abrigo adota 5 irmãos para evitar que fiquem separados, como ele foi na infância

O americano Robert Carter, de 29 anos, foi adotado quando tinha 12 anos e passou um período longe de seus irmãos, por isto, quando...

Cachorra resgatada detecta câncer em nariz da dona e salva sua vida

O amor entre nós e nossos cachorros é mesmo algo de outro mundo. E o que falar, então, do cuidado que eles têm com...

‘Barraca da Consciência’: em Minas, homem cria barraquinha sem vendedor e incentiva a honestidade

Waldson Campos abraçou uma missão extremamente necessária e importante: incentivar a honestidade nas pessoas. Precisando manter sua renda ao mesmo tempo em que se...

McDonalds Índia terá livros ao invés de brinquedos no McLanche Feliz

O McDonalds da Índia, anunciou que em vez de brinquedos, as crianças receberão livros no McLanche feliz. A mudança vai acontecer durante um período...

Instagram