Jovem abriga morador de rua em casa e o ajuda a reencontrar família em São Paulo

Uma simples volta pelas ruas de São Vicente (SP) fez os destinos de Jaíne Kaith de Oliveira dos Santos, 25 anos, e de Cícero da Silva, 53 anos, se cruzarem. Graças à jovem, o senhor em situação de rua pôde reencontrar sua família após sem qualquer tipo de contato.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Jaíne conta que viu Cícero pela primeira vez no dia 14 deste mês. Por não conhecer muitos moradores de rua na região, a jovem decidiu levar um prato de comida e cobertores para o senhor e tentar conhecer um pouco de sua história.

Cícero revelou que tinha parentes que moravam em Mongaguá (SP), mas foi só no segundo encontro que Jaíne teve o estalo de tentar ajudar o senhor a reencontrar sua família. A jovem tirou uma foto do homem em situação de rua e colocou em diversos grupos virtuais de moradores da cidade do interior paulista.

Post do Facebook com pessoa em situação de rua
Jaíne fez um agradecimento a todas as pessoas que ajudaram na busca pela família do seu Cícero. Foto: reprodução/Facebook Jaíne Kaith Oliveira

Não levou muito tempo e as irmãs do seu Cícero entraram em contato com Jaíne. Em entrevista ao portal G1, a jovem contou o passo seguinte era promover efetivamente este encontro.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“As irmãs dele de São Paulo entraram em contato comigo e falaram que ele está nessa vida há 25 anos, mas que não o viam há dez. Depois que a irmã dele entrou em contato comigo, eu coloquei na cabeça a missão de fazer o reencontro.”

Jovem abrigou Cícero até o reencontro com a família

Após encontrar mais uma vez Cícero, Jaíne convenceu o senhor a ficar em sua casa até que sua família o buscasse A jovem diz que em nenhum momento sentiu medo de receber uma pessoa estranha em sua casa.

Jovem posando para foto
Jaíne revelou que em nenhum momento sentiu medo de abrigar um estranho em casa. Foto: reprodução/Facebook Jaíne Kaith de Oliveira

“Nesse processo de procura e acolhimento a única coisa que eu não senti foi medo. Tive uma sensação de alívio em saber que tinham pessoas procurando por ele, que é um homem muito amado.”

As irmãs de Cícero, finalmente, puderam reencontrar o irmão. Atualmente, elas moram na cidade de São Paulo e para lá levaram o senhor que ficou tão amigo de Jaíne. Para a jovem, restará a saudade e o enorme carinho que criou por aquele homem que um dia precisou morar na rua.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO


Quer conhecer mais uma história inspiradora? Dá o play!

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,575,137SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Menina de 4 anos faz cartazes com desenhos à mão para encontrar seu cãozinho

Após perder seu cãozinho de estimação, a pequena Maria Luiza Sena, de 4 anos, começou a confeccionar cartazes com desenhos à mão, feitos com...

Artista transforma troncos de árvore em fantásticas esculturas que parecem espíritos da natureza

A artista Debra Bernier cria fantásticas esculturas da natureza que a cerca nos arredores de Victoria, no Canadá. Trabalhando com troncos caídos, a artista estuda a...

Vovó de 97 anos cria canal de culinária para se entreter

Uma vovó de 97 anos criou um canal de culinária na internet para se entreter na quarentena e compartilhar um pouquinho da sua experiência...

Rapaz autista faz emocionante pedido de casamento para noiva com síndrome de Down

Quando Jason Ivey pediu a namorada, Chloe Bermudez, em casamento, ela nem imaginava a surpresa incrível que teria pela frente: um passeio de helicóptero...

Instagram