Estudante faz linda amizade com menina com síndrome de Down rejeitada na escola

Todos os dias após a aula, no turno da manhã, Yasmin via uma aluna esperando sua aula começar, no turno da tarde. Ela sempre quis se aproximar e puxar conversa, mas era reticente com a ideia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Neste ano, com o início das aulas, Yasmin descobriu que aquela menina passou a estudar de manhã também. Certo dia, tomou coragem e foi conversar com ela. Ao se aproximar, percebeu que a jovem não se sentiu muito à vontade, mas fez de tudo para mudar isso.

“Comecei a conversar com a Helena e ela foi aos poucos se soltando. Então perguntei se ela tinha amigos e ela disse que não, pois todos se afastavam, inclusive as pessoas da sala dela e ela se sentia muito só“, escreveu Yasmin Massone em um post no Facebook.

Helena tem 16 anos, mora em São Paulo (SP) e tem síndrome de Down.

jovem faz amizade menina com síndrome de down rejeitada colegas

Amizade

Ao ouvir o relato de Helena, Yasmin conta que seu coração “apertou forte” e ela disse que agora Helena teria uma amiga.

“Ela não ficou muito convencida. Disse que era super diferente de mim porque tinha Down e começou a falar coisas ‘boas’ como da minha unha, do meu cabelo, da minha roupa etc. Eu disse que isso não era verdade, que ela era igual a mim, aliás, que ela era uma pessoa mega especial“, conta Yasmin.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Comecei então a falar das qualidades dela, falei de Deus, falei o quanto as pessoas são egoístas e o quanto pensam somente em si próprias. Mostrei a realidade do mundo mas também falei sobre o amor de Deus e o quanto eu gostaria de ter ela por perto!”, continuou.

Desabafo

Elas passaram um bom tempo conversando. Helena ficou tão feliz em poder desabafar, conversar e ser ouvida que chorou muito. “Óbvio que chorei junto”, disse Yasmin. “[Ganhei] um abraço como ninguém nunca me deu”, diz, após o papo.

No dia seguinte, Yasmin ficou com Helena no intervalo. E aquele momento gostoso de diálogo e fraternidade se repetiu.

“[Conversamos] bastante, dei toda atenção e carinho que eu tinha para oferecer e ela se sentiu incrível”, relata. “Mas nem sempre tudo fica bem, essas crianças precisam de um cuidado especial pois uma hora ela está super bem, te abraçando, mas outra ela está falando que não quer conversar mais e sai correndo, então você tem que deixar ela ter o momento dela e ter muita paciência”, completa.

Uma apoiando a outra

Na última sexta (7), Helena espontaneamente foi até Yasmin para conversar. “Ela me contou como se sentia só e não aceita pela sociedade. Esse foi o motivo do choro no dia anterior, eu como sou mole chorei e abracei ela. Eu não estava em um dia bom, várias coisas haviam acontecido e eu só precisava de um abração”, diz Yasmin.

Naquele dia, elas ficaram ali quietinhas, abraçadas, apoiando uma a outra. “Foi o melhor abraço que eu ganhei na minha vida […] Essas crianças tem um amor e um carinho tão grande. É uma inocência muito grande”.

O sonho de Helena é ser modelo e ficar famosa na internet – e Yasmin acredita muito nela!

“[Temos] muito a aprender com eles, de verdade. O amor é uma linguagem universal e eles a falam e entendem com propriedade”, afirma Yasmin. “Respeito, compreensão, tolerância, igualdade, inclusão são o mínimo […] Sou grata por ter a Helena na minha vida! […]”, concluiu

Yasmin compartilhou esse relato no seu perfil do Facebook na última sexta-feira (7). O post viralizou, acumulando mais de 36 mil reações e 14 mil compartilhamentos em quatro dias.

Confira na íntegra abaixo:

Repercussão

Na segunda (10), Yasmin publicou dois stories comentando a enorme repercussão da sua história. Confira:

jovem faz amizade menina com síndrome de down rejeitada colegas

[Nota da Redação]

A cada bebê que traz ao mundo, o médico Calixto Hueb presenteia a mãe com uma arvorezinha para que a criança cresça com ela. É um primeiro presente à família do recém-nascido e também uma contribuição valiosa do médico para a preservação do meio ambiente. Vem conhecer mais essa história, dá play no vídeo abaixo:

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fotos: Reprodução/Facebook Yasmin Massone

Relacionados

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

985,324FãsCurtir
1,735,582SeguidoresSeguir
8,546SeguidoresSeguir
11,100InscritosInscrever

+ Lidas

Bióloga que salvou Arara Azul da extinção vira personagem da Turma da Mônica

Na última terça-feira (11), foi celebrado o Dia Internacional das Meninas e Mulheres na Ciência. Para comemorar a data, a Mauricio de Sousa Produções...

Juiz vai até a casa de idosa para lhe conceder aposentadoria

Um  caso incomum aconteceu há alguns meses, onde um juiz foi até a casa de uma senhora de 100 anos para conceder aposentadoria a ela. O...

Ortobom doa 500 colchões para vítimas de chuva em Raposos (MG)

A Região Metropolitana de Belo Horizonte foi a mais afetada pelas fortes chuvas que caíram em Minas Gerais nas últimas semanas. Um exemplo é...

USP retira coágulo de artéria no cérebro e devolve movimentos a vítimas de AVC

Cientistas adjuntos da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo em Ribeirão Preto desenvolveram uma técnica eficaz na redução de quase a totalidade...

Neto faz “antes e depois” e homenageia avó em seu aniversário de 99 anos

A homenagem de um neto para sua avó no dia do seu aniversário de 99 anos comoveu as redes sociais nesta quinta-feira (13). Iury Neto,...

Instagram