Jovem autista do Ceará consegue bolsa de estudos para estudar em Harvard

Pesquisadora, artista plástica, cirurgiã-dentista… e autista. A jovem cearense Jaqueline Nascimento, de 25 anos, é uma prodígio desde que era uma garotinha.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Aos 2 anos, ela já entoava as primeiras palavras. Aos 5, desenhava imagens que chamavam sua atenção. Neste ano, aos 25, graduou-se em Odontologia primeiro que sua turma.

jovem autista ceará consegue bolsa harvard

Foi durante o curso que ela se apaixonou pelo ramo da pesquisa, chamando a atenção de muita gente graúda, como a da Harvard Medical School, uma das mais prestigiadas instituições de ensino do planeta.

Tanto que, recentemente, Jaqueline conseguiu uma bolsa de estudos para realizar um curso EaD em Farmacologia pela Universidade de Harvard!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Jaque mora em Assaré (CE), município de 20 mil habitantes no interior cearense, a oeste da Chapada do Araripe, terra do Poeta Patativa.

jovem autista ceará consegue bolsa harvard

Diagnóstico do autismo

Desde criança, ela conta que tem dificuldade em compreender como as pessoas se relacionam, se comunicam e como despertam sensações umas nas outras.

Assim, prefere na maioria das vezes ficar em silêncio, por não saber como interagir com outras pessoas.

Eventualmente, a pesquisadora e cirurgiã-dentista foi diagnosticada com Síndrome de Asperger (Autismo Leve).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Nesse meio-tempo, ela começou a realizar pesquisa na área da Implantodontia, da Prótese Dentária e da Cirurgia, e a publicar artigos científicos em revista e jornais de ciência super prestigiados no Brasil e no mundo.

jovem autista ceará consegue bolsa harvard

Pesquisa virou chave para a inserção social

A dedicação ao trabalho foi a chave que Jaqueline encontrou para se sentir inserida socialmente.

Aos poucos, ela passou a se comunicar com as pessoas com mais facilidade, explicando suas pesquisas e colocando em prática o conhecimento para o bem-estar dos pacientes que ela atende na clínica.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Todo esse esforço tem impactado positivamente na vida de outras pessoas de forma positiva e alegre. Confiante, Jaque decidiu se inscrever para Harvard Medical School, no curso de Farmacologia.

Não deu outra: foi aprovadíssima, conseguindo uma bolsa de estudos para realizar o curso via EaD (educação a distância) em Harvard. Parabéns, Jaqueline! 🧡

Fotos: Reprodução / Instagram: @jaqueline.d.nascimento

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,843,411SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

A ecovila onde todas as casas são construídas com garrafas PET

Por Déborah Spitzcovsky Árvores, animais nativos, rio, mar e muita garrafa PET… Mas calma! Não se trata de lixo! Na verdade, elas são a matéria-prima...

O xodó dessa foca com uma versão sua de pelúcia é puro amor

A foca não consegue ficar um minuto longe do seu 'filhote' de pelúcia.

Vila Sésamo inclui personagem autista na série e vira exemplo

Um clássico da televisão acaba de lançar novidade que ampliará a visão de mundo dos espectadores mirins. A Vila Sésamo incluiu uma personagem autista...

Projeto oferece local seguro para que moradores de rua guardem seus pertences

O bairro do Rossio, em Lisboa, vai receber 12 conjuntos de armários com cadeados destinados aos sem-teto. O objetivo da iniciativa é fornecer locais seguros...

Jovem com paralisia cerebral realiza sonho de casa ‘quentinha para morar’ graças à vaquinha

Renanzinho tem 17 anos e nasceu com paralisia cerebral. Ele passava por diversas dificuldades junto a sua família, que é de origem bem simples,...

Instagram