Jovem faz história como 1º apresentador de programa infantil com síndrome de Down

Nós precisamos de mais representatividade na televisão“. Assim resume o jovem George Webster, que fez história na mídia britânica ao se tornar a primeira pessoa com síndrome de Down a apresentar um programa infantil na BBC.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O jovem de Leeds, na Inglaterra, foi o showman do programa ‘CBeebies’, que foi ao ar na semana passada.

Ao lado do cãozinho Dodge, George mostrou às crianças seus passatempos preferidos: dançar, cozinhar e cantar. O programa não fez qualquer comentário sobre a síndrome – o que valeu mesmo foi a presença do rapaz em cadeia nacional.

Jovem faz história como 1º apresentador de programa infantil com síndrome de Down 2

Os pequenos se sentiram representados, assim como os pais. “CBeebies, você deixou a mãe de um menino como o George muito feliz”, tuitou Karen Taylor. O pai de uma menina com Down também comentou: “Vai George!!! Estamos muito animados em ver você”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Meu filho tem autismo e se virou para mim e disse: ‘Gosto de George, papai’. Isso é tudo que você precisa saber. Obrigado CBeebies. Você fez uma coisa maravilhosa hoje”, afirmou outro papai.

Jovem faz história como 1º apresentador de programa infantil com síndrome de Down 3

Repercussão do programa

A recepção ao episódio com George não poderia ter sido melhor e surpreendeu o próprio rapaz. Agora, ele se sente confiante para inspirar outras crianças que o estão assistindo em casa.

Para Jane Webster, mãe do apresentador, o protagonismo dele foi muito importante e a deixou sem palavras. “Eu estava chorando em um minuto e sorrindo no seguinte. Eu simplesmente amo sua ética de trabalho e sua positividade”, afirmou.

Jovem faz história como 1º apresentador de programa infantil com síndrome de Down 4

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Um dos vídeos que mostram George dançando e recitando um poema no CBeebies já conta com mais de 1,2 milhão de visualizações no Twitter.

A ideia da BBC era contratá-lo como apresentador convidado – no entanto, o público gostou tanto dele que a emissora tem considerado recrutá-lo em tempo integral.

“Originalmente, concordamos em que George fosse um apresentador convidado apenas para apresentá-lo à família CBeebies”, disse a produtora do programa, Claire Taylor. Agora, a presença do jovem se tornou essencial.

Rotina pós-fama

George resolveu gastar seu primeiro pagamento levando os pais pra jantar.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Em entrevista à BBC, ele disse que pretende conciliar a gravação do programa com suas aulas de artes cênicas.

Jovem faz história como 1º apresentador de programa infantil com síndrome de Down 5

Há mais de dez anos o CBeebies é pioneiro em diversidade e representatividade de pessoas com deficiência.

Em 2009, por exemplo, Cerrie Burnell, que nasceu com apenas uma mão, fez sua estreia como apresentadora. De toda forma, George aponta que é necessário mais pessoas com deficiência na TV (e está certinho!).

Acho que precisa haver muito mais representatividade porque somos pessoas também“, resumiu.

A BBC encontrou seu apresentador a partir de um trabalho que ele desenvolve para uma instituição de caridade dedicada à pessoas com deficiência mental.

Alguns meses atrás, ele foi convidado para gravar um vídeo com o intuito de desmitificar algumas informações sobre pessoas com síndrome de Down. “Pessoas com Down nem sempre são felizes. Pessoas com síndrome de Down têm emoções e sentimentos como qualquer outra pessoa. Elas não sofrem com essa condição. Eu tenho uma vida incrível. Tem sido muito positivo. Adorei ir à escola. Eu fui para duas escolas locais incríveis. Tive apoio nas duas escolas, o que me ajudou na minha formação”, disse.

Para o futuro, George deseja dar prosseguimento à carreira de ator e tem como sonho aparecer em uma série ou um filme de James Bond.

No momento, se diz “ansioso” para continuar no programa e ser abordado por jovens fãs quando estiver em sua cidade. “Eu vou adorar isso. Eu sou sempre super positivo e sempre sorridente e alegre. Estou amando a vida, nada me impede”, completou.

Veja também:

Fonte: The Guardian / Revista Crescer
Fotos: Reprodução / Instagram

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,805,747SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Catador de recicláveis mantém sozinho uma escola com 40 alunos funcionando em Olinda (PE)

O catador de recicláveis Sebastião Duque, 66 anos, separa quase toda a renda que ganha do trabalho com o lixo para manter uma escola...

Invenção promete climatizar ambiente sem precisar de ventilador ou ar-condicionado

Essa invenção promete resfriar o ambiente em dias de calor e isolar o frio nos dias de inverno, pois se adapta ao clima.

Menino vai à escola de terno para comemorar boas notas 👔

Há alguns dias, o pequeno João Gomes Sobrinho Neto, aluno do 6º ano do ensino fundamental, se arrumou todo para ir à escola. Ao chegar...

[VÍDEO] Pai e filha ganham competição de dança e emocionam o público pela cumplicidade

Existem muitas competições de dança por aí, mas uma dupla de pai e filha participar de uma competição e vencer em primeiro lugar, é...

Franceses serão pagos para irem ao trabalho de bike

Os franceses que forem trabalhar de bicicleta, em vez de carro, moto ou ônibus, receberão um dinheiro do governo. A medida (parte da Lei de...

Instagram

Jovem faz história como 1º apresentador de programa infantil com síndrome de Down 7