Jovem brasileiro cria computador que lê reações do cérebro de pessoas em coma

Morador de Aquidauana, no interior do Mato Grosso do Sul, o jovem Luiz Fernando da Silva Borges, 20 anos, criou um computador que lê as reações do cérebro de pacientes em coma ao ouvir perguntas, batizado de Hermes Braindeck.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ao site da EXAME, Gustavo conta que buscou inspiração em uma pesquisa do neurocientista britânico Adrian Owen, publicada na revista Science, em 2006. No estudo, Owen mostrou que é possível se comunicar com pessoas em coma usando um aparelho de ressonância magnética.

Leia também: Cientistas vencem Nobel de Medicina por terapia contra o câncer

O que Gustavo fez foi tornar o conceito portátil. É colocada uma toca na cabeça do paciente com vários fios conectados a sensores e um fone de ouvido para receber instruções. Então, pede-se ao paciente para imaginar o movimento da mãe direita e o da esquerda.

Cada pensamento ativa um dos lados do cérebro, traduzindo esses padrões em respostas positivas (sim) ou negativas (não). Isso permite ao paciente responder perguntas dos médicos e dos familiares.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Nos hospitais, não existe ferramenta para medir a resposta da pessoa em coma sem ser a ressonância magnética, que não tem como ser usada no dia a dia”, afirma Gustavo.

O sistema de Gustavo teve 80% de precisão em reconhecer os dois padrões de resposta em testes realizados em um grupo de 50 pessoas, todas saudáveis. Até o final do ano, ele pretende realizar um novo teste em pacientes da Santa Casa de Campo Grande com a ajuda de profissionais da Universidade Católica Dom Bosco.

O Hermes Braindeck ganhou o prêmio Intel International Science and Engineering Far, promovido pela multinacional de tecnologia, na categoria engenharia biomédica em dois anos seguidos: 2016 e 2017. A premiação destaca projetos em ciência e engenharia.

Para desenvolver o dispositivo, Gustavo recebeu patrocínio de um investidor anjo, presidente de uma startup focada no empoderamento humano.

No vídeo abaixo, Gustavo fala mais sobre o Hermes Braindeck:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

crédito da foto: Reprodução/Youssef Bueno

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,839,934SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Morador de rua oferece serviço de carreto para reencontrar a família de cabeça erguida

Morador de rua há mais de 30 anos, Jonas Manuel, tem uma veia empreendedora. Ele trabalha todos os dias para sair da situação em que...

Madonna abre primeiro centro pediátrico em Malauí

Há muitos artistas que abraçam causas sociais e fazem bom uso de sua fama para investir em bons projetos. Madonna é um deles. Na...

Campanha sobre Fibrose Cística conscientiza pessoas usando música sertaneja

O Instituto Unidos Pela Vida e o cantor Danillo Vieira lançaram uma campanha bastante criativa para conscientizar as pessoas sobre a doença e o seu diagnóstico.

Conheça o outdoor que foi projetado para purificar o ar das cidades

À primeira vista, o outdoor que aparece logo abaixo parece ser mais só mais um, mas sua estrutura contém uma tecnologia inovadora, que purifica...

Goiânia inova e constrói árvore de natal apenas de garrafas pet jogadas na rua

Nada como comemorar uma data tão importante quanto o natal dando um bom exemplo de sustentabilidade, não é mesmo? Em Goiânia, uma árvore de...

Instagram