Jovem cria aplicativo para ajudar estudantes solitários a encontrar companhia para o almoço

Depois de ter que sentar e comer sozinha durante a 7ª série e ser alvo de gozações, a estudante Natalie Hampton, da Califórnia, nos Estados Unidos, criou um aplicativo para ajudar alunos solitários a encontrar companhia para almoçar.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O aplicativo se chama “Sit With Us” (senta-se com a gente) foi lançado no dia 9 deste mês e a ideia é que crianças e adolescentes não sejam rechaçados publicamente.

Os usuários do app são chamados de “embaixadores”. Eles criam convites e enviam o sinal para outros usuários que estão buscando companhia para o almoço.

“Desta forma é mais privado, através do celular. Ninguém mais tem que saber”, explicou a jovem de 16 anos. “E além disso sabe que não vai ser rechaçado quando se sentar na mesa”. Ela diz que as pessoas da sua escola já estão usando o aplicativo, assim ele tem tudo para ser um sucesso.

sit-with-us-school-lunch-app-natalie-hampton-6

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

sit-with-us-school-lunch-app-natalie-hampton-4

sit-with-us-school-lunch-app-natalie-hampton-2

Com informações do Bored Panda / Imagens: Divulgação

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,638,512SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Brasil conquista o 3º lugar na ‘Copa do Mundo de Física’

Não deu no futebol, mas deu na Ciência: o Brasil conquistou o 3º lugar na ‘Copa do Mundo de Física’.

Faculdade troca taxa de inscrição do vestibular por 1 kg de alimento não perecível

Os estudantes poderão fazer sua inscrição de graça doando 1 kg de alimento não perecível, até o dia 11 de dezembro.

Jovem órfão precisou deixar abrigo por fazer 18 anos e pede ajuda para não ficar na rua

O Matheus é um menino incrível, mas sofreu bastante nessa vida. 😔 Depois de ter sido abandonado pela mãe e sem família, acabou morando...

Mulher desiste de cometer suicídio após conhecer aldeia com crianças carentes no Nepal

No início do ano passado, nada mais fazia sentido na vida de Kathryn Lowe, de 57 anos. Ela lutava contra alguns problemas de saúde...

Senado aprova prisão para quem cometer racismo e discriminação na web

Mas que notícia sensacional que acabamos de saber, com informações do Bhaz: Foi aprovado pela Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH), um projeto de lei...

Instagram