Jovem cria delivery de saladas feitas por moradores de favela

kickanteAos 26 anos, o engenheiro carioca Hamilton Henrique queria levar acesso a uma alimentação mais saudável a um preço justo depois de descobrir, apenas quando adulto, os benefícios de uma alimentação saudável.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

  • O livro Seu Sonho tem Futuro veio para que você viva seu sonho e crie renda extra, sem gastar dinheiro próprio!

“Eu morava em São Gonçalo (RJ) e não vinha de classe alta. Não entendia porque meus colegas com mais dinheiro preferiam lasanha de berinjela a um bom pedaço de picanha. Na minha cabeça, rico gostava de comer coisas gostosas”, conta em entrevista ao site Consumo Social.

Com uma ideia na cabeça, ele conheceu a nutricionista Mariana Fernandes, que tinha a mesma vontade, de democratizar o acesso a alimentos saudáveis.

Na mesma época, a Yunus Negócios Sociais Brasil abriu o processo seletivo para incubação e aceleração de projetos e eles inscreveram o deles.

Apóes serem selecionados, receberam assessoria para criar o modelo de negócio e em 2015 nascia o Saladorama, com investimento inicial de R$ 250.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O serviço de delivery de saladas e saladas e sucos orgânicos faz vendas avulsas ou planos de assinaturas, sendo que os pedidos podem ser feitos pelo site, Facebook ou WhatsApp; as entregas são feitas de bicicleta; e, por fim, mas não menos importante, além de incentivar uma alimentação melhor, pode tornar-se uma fonte de renda.

Atualmente, os empregados da empresa são moradores de comunidades menos favorecidas no RJ, sendo a maioria mulheres. Após um processo de capacitação de quatro meses, que ensina desde os cuidados com os alimentos até noções de gerenciamento do negócio, para que sejam capazes de empreender também. Todos os alimentos são preparados em cozinhas próprias nas comunidades.

Hoje eles atuam no Rio de Janeiro e em Pernambuco. Já tem outra cozinha em construção em Recife. Nos planos de expansão estão Curitiba e São Paulo, e já receberam convites para replicar o modelo nos Estados Unidos e no México.A meta para os próximos 12 meses é impactar cerca de mil crianças, capacitar mais 600 mulheres e terminar o ano com 10 franquias.“Em 2016 vamos priorizar a criação de franquias, pois já recebemos mais de 50 propostas de quem quer ter seu próprio negócio social e observamos que ainda não existe nenhum focado em alimentação saudável. Já fechamos parceria com um escritório de arquitetura e definimos o modelo de lojas containers”, revela o idealizador.

7-e1453216412865

8-e1453216836186

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

9

2015-806764654-2015041023209.jpg_20150507

12310531_924534887636254_6190455394597293332_n

gsjjouolywxyvlhdppxy

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

saladorama_01

Fonte: Consumo Social

E se você também tem um sonho, este livro te ajudará a dar o próximo passo.

Jovem cria delivery de saladas feitas por moradores de favela 3

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,768,429SeguidoresSeguir
23,246SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Marido registra a batalha de sua mulher durante os 5 anos da luta contra o câncer

Sendo o segundo tipo mais frequente no mundo, o câncer de mama é o mais comum entre as mulheres. Apesar dos avanços da medicina no tratamento...

Professora ajuda jovem da periferia de Belém a passar no vestibular e dá lição inspiradora

“Se eu tivesse aceitado o celular ou isentado ele de toda a mensalidade, ele não seria a história que ele é hoje.”

Casal está mudando de vida após post de declaração de amor viralizar na web

Após uma publicação de Carla Rovene, 25, viralizar no Facebook, onde ela faz uma declaração de amor para seu marido Alan Xavier, 22, que...

Ela superou o bullying e hoje faz sucesso com suas sobrancelhas únicas

O sucesso chamou a atenção de uma das agências de modelos mais importantes do mundo.

Cachorra interrompe apresentador durante previsão do tempo

“A luz do sol aumentando e tem um cachorro atrás de mim."

Instagram

Jovem cria delivery de saladas feitas por moradores de favela 5