Jovem de 18 anos cria sutiã que detecta câncer de mama com mais precisão do que o autoexame

O câncer de mama é a segunda maior causa de morte entre as mulheres no mundo inteiro. O mexicano Julián Ríos tinha 13 anos quando sua mãe foi diagnosticada com a doença pela segunda vez. Em menos de seis meses, o tumor que era do tamanho de um grão de arroz evoluiu para o de uma bola de golfe.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Como o diagnóstico da doença demorou a sair, a mãe de Julián perdeu as duas mamas e, por pouco, não perdeu a vida. Pensando em formas de melhorar o diagnóstico, o jovem de apenas 18 anos criou um sutiã capaz de detectar os sintomas da doença, com mais precisão do que o autoexame.

O EVA, como foi batizado o sutiã, é equipado com sensores de tato, temperatura e luz, que monitoram a saúde dos seios periodicamente. A peça deve ser usada entre 60 e 90 minutos por semana.

Informações relacionadas à cor, textura e temperaturas dos seios são enviadas para um aplicativo especial e analisadas por um algoritmo. O resultado é enviado tanto para a mulher quanto para o seu médico oncologista, oferecendo um diagnóstico preciso.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A invenção de Julián foi premiada no Global Student Entrepreneur Awards (GSEA), premiação voltada para estudantes empreendedores. Quer saber mais sobre o sutiã EVA? Dá o play no vídeo:

Leia também: Universitários de Juiz de Fora levam informações sobre a prevenção do câncer de mama para moradores em situação de rua

Com informações do site Casa e Jardim

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

fotos: divulgação

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,513,547SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Estilista traz pessoas consideradas ‘fora dos padrões da moda’ para desfilar na passarela

Estou reproduzindo na íntegra um  texto da excelente Valéria Brandini, da qual tive aulas de Antropologia durante minha pós no IED há algum tempo...

“Vendo flores apenas para a felicidade”, diz florista que não vende coroas de flores há 46 anos

A história da florista Francisca da Glória, 70 anos, é tão bonita quanto o desabrochar de uma rosa. Glorinha decidiu aos 9 anos que...

Após Madonna compartilhar vídeo, brasileira Maria Solange ganha tratamento em clínica de reabilitação

Histórias como esta mostram o poder das redes sociais, que podem e devem ser usadas para promover o bem. Fã confessa de Madonna desde...

Cidade dos EUA planta centenas de árvores em rota de estudantes para reduzir ilhas de calor

As temidas ilhas de calor se formam quando faltam áreas verdes e sobram 'selvas de concreto' nos grandes centros urbanos. Em alguns casos, a...

Pai solteiro faz curso para aprender a fazer penteados para a filha de 3 anos

Esse homem com certeza é um forte concorrente a melhor do pai do ano! Conheçam o Greg Wickherst, um pai solteiro que que há...

Instagram