Estudante enganada por ‘amigo’ achando que passou em Medicina na UFRN recebe ajuda para realizar seu sonho

Não se deve brincar com o sonho de ninguém, ainda mais quando se trata da aprovação num curso de Medicina em uma federal. Lamentavelmente, aconteceu com a estudante Rutineia de Sousa, 20 anos, uma guerreira de Alto do Rodrigues (RN).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Sem computador para se inscrever no Sisu (Sistema de Seleção Unificada) e concorrer à uma vaga em alguma universidade, a jovem passou seu login para um “amigo” inscrevê-la em cursos que ela tivesse interesse.

Porém, fez totalmente o oposto disso e, como se não bastasse, falsificou um print mostrando que Rutineia havia sido aprovada em Medicina na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). 😠

Rutineia não conteve a alegria ao receber a imagem, pois vem de uma família bastante humilde e seria a oportunidade de mudar a vida dela e de sua madrinha, quem a criou.

Farsa desmascarada durante comemoração

Um amigo de Rutineia teve a ideia de fazer uma campanha para ela conseguir comprar um notebook para acompanhar as aulas remotas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Depois que o vídeo (veja abaixo) começou a circular, porém, diversas pessoas enviaram mensagens dizendo que não viram o nome de Rutineia na lista.

Quando Mateus e a estudante entraram no sistema, viram que nem ela e nem os outros listados tinham sido aprovados, desmascarando a farsa.

View this post on Instagram

A post shared by Viviane Mika (@vivianemika)

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Apoio jurídico e financeiro

Mateus e Rutineia decidiram devolver o dinheiro doado pelos internautas para a compra do notebook. No entanto, muitos não quiseram receber de volta para ajudar Rutineia.

Além disso, registraram um boletim de ocorrência contra o rapaz que brincou com o sonho de Rutineia, contando com o apoio de advogados que se ofereceram para acompanhá-los.

“Quero superar tudo isso e já estou fazendo tratamento com psicóloga para continuar estudando”, desabafa.

Rutineia acabou ganhando um notebook e foi procurada por empresas que ofereceram cursinhos pré-vestibular para ela se preparar melhor para o vestibular de Medicina. 🙏

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mas se Rutineia não quiser esperar mais, o comediante Rafinha Bastos se ofereceu para pagar o curso em uma instituição privada.

Com a verdadeira nota obtida no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), Rutineia está tentando uma bolsa em uma instituição particular, que pode chegar a 70% do curso.

Estamos na torcida, Ruti! 💜

Fonte: UOL


Ele nem tinha dinheiro pro vestibular e se tornou o médico da família!
👇

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,646,211SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Campanha convida pessoas a compartilharem o lado positivo das cidades onde vivem

É claro que nas cidades existem muitas coisas negativas, como a violência, a poluição e até a falta de empatia entre as pessoas. Mas, não podemos esquecer, e sempre valorizar, seus pontos positivos, como os parques, teatros e toda a variedade de serviços oferecidos.

Agricultora torna-se a primeira mulher a dirigir um trator no Norte de Gana

Aos 26 anos, Hikimatu Kediri é a primeira mulher do Norte de Gana a obter licença para dirigir um trator. Mas certamente não será...

Mãe de 98 anos se muda para o mesmo asilo de filho de 80 anos

Não há nada mais forte do que o amor entre uma mãe e seu filho, e essa história é o exemplo perfeito de como...

Projeto leva aulas de robótica e programação a alunos de escola pública na periferia de SP

Quando a gente pensa em aulas de robótica e programação, a associação com colégios particulares é quase imediata. De fato, não é uma impressão...

Diariamente, cobrador ajuda deficiente visual a entrar em ônibus no DF – veja o vídeo

Deficiente visual desde o nascimento, Roberto Carlos Moreira, 53 anos, pega todos os dias o ônibus da linha 501.3, no bairro Riacho Fundo II,...

Instagram