Jovem envia spotted para rapaz agradecendo por tê-la salvo de estupro desejando encontrá-lo

A jovem que tinha sofrido uma tentativa de estupro no centro do Rio dois anos atrás viu o rapaz que a salvou na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), onde os dois estudam. Mas, sem graça, a estudante não chegou a puxar conversa com o rapaz.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O que ela mais quer agora é encontrar o rapaz para agradecê-lo pelo seu gesto corajoso, já que no dia em que a estudante sofreu o ataque eles tiveram pouco tempo para conversar.

Para isso, ela enviou um spotted para a página “Spotted UFRRJ”, ontem (22), na tentativa de encontrá-lo:

“Há dois anos tentaram me estuprar no Centro do Rio, estava sozinha voltando de um estágio que fazia lá, quando um três monstros apareceram e me agarraram. Quando rasgaram minha roupa um rapaz apareceu e tentou brigar com eles, apanhou muito, mas conseguiu me salvar. Ele vuidou de mim, me levou no médico, me levou na delegacia, como meus pais não estavam em casa ele não conseguiu avisar ninguém e me levou em casa, mesmo eu morando em São Gonçalo e ele não tendo como voltar pra casa aquela hora da madrugada. Me deixou em casa e acredito eu que dormiu na rua pela hora.
Nunca tive a oportunidade de agradecer a ele pelo que ele fez, sempre sonhei com ele desde então, nunca conheci alguém como ele. Estava com a cara toda sangrando, mas continuava a sorrir pra mim e fazer graça pra eu me acalmar. Poucos meses depois recebi uma carta dele perguntando como eu estava, e enviando uma foto fazendo careta dizendo que estava curado e vários telefones e sites de lugares que ajudam as vitimas de estupro, mas quando fui atrás do endereço da carta ele já havia se mudado, só sei que era em Santa Cruz.
Ontem (21/09) eu tive uma grande surpresa, vi aquele mesmo rapaz passando por mim na saida do PAT. Com uma blusa azul escura com um detalhe amarelo atrás, calça jeans e mochila preta, fui atrás de você, mas se encontrou com alguns amigos e fiquei sem graça. B.G, eu não tenho como tenho como te agradecer pelo que fez por mim, mas não esqueço de você desde aquele dia. Um espero poder te encontrar de novo e quem sabe poder conversar, quero ver seu sorriso e suas graças pra mim de novo, como você mesmo disse quando nos conhecemos “nossos nomes combinam”, desta vez quero combinar mais contigo.
Obrigado e sorria para mim de novo.
PS: criei facebook só para falar contigo”

O post teve mais de 4 mil curtidas e 400 compartilhamentos. Os estudantes se comoveram com a história e torcem para que os dois fiquem juntos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,505,556SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Voluntário que recupera cadeiras de rodas velhas ganha máquina de R$ 10 mil para melhorar a reforma

Segundo ele, a nova máquina facilitará o conserto dos equipamentos e garantirá uma pintura de qualidade às cadeiras recuperadas e doadas a pessoas de baixa renda.

Primeira educadora do país com Síndrome de Down ganha prêmio nacional de educação

No fim do mês passado, a professora potiguar Débora Seabra, de 33 anos, recebeu o Prêmio Darcy Ribeiro de 2015, em Brasília, como a...

Campanha convida pessoas a doarem parte do imposto de renda para instituições que fomentam a cultura

Ação convida empresas e pessoas para apoiarem projetos relacionados à cultura e à preservação da memória.

Pedalando por uma cidade melhor

Na vida profissional da cineasta e jornalista Joana Nin podemos destacar, como o primeiro trabalho relevante, o curta metragem “Visita Íntima” (2005), e no...

Carpinteiro constrói abrigos de graça para pessoas sem-teto se manterem aquecidas no inverno do Canadá

O inverno é um período crítico para pessoas em situação de rua. E sabendo disso, o carpinteiro Khaleel Seivwright, de 28 anos, quis levar...

Instagram