Jovem “esquece” livros no metrô para incentivar a leitura e deixar o celular um pouco de lado

Clique e ouça:

Soube desse projeto há algumas semanas, e fiquei muito feliz em saber sobre ele. Trata-se do projeto “Leitura no Vagão”, do desenvolvedor de software Luís Fernando Tremonti, que resolveu partilhar seu prazer pela leitura de um modo bastante simples, mas muito efetivo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele diz: “Entro todos os dias no vagão e vejo um monte de gente no celular, enquanto apenas uma ou duas leem”, ele mora em São Paulo, e todo dia sai da estação Barra Funda (Linha 3 – Vermelha) e vai até o Paraíso (Linha 1 – Azul) sempre acompanhado de um bom livro. “Tenho amigos que dizem não ter tempo para leitura, mas entram no metrô e pegam direto o celular”. Então ele pensou: “O que posso fazer para tornar a viagem de todos mais agradável?”.

Resolveu então, tentar estimular a leitura neste nosso trajeto de cada dia. Tornando, assim, a viagem mais “produtiva”.

Criou então uma página no facebook e no twitter. Mandou fazer alguns panfletos para colocar dentro dos próprios livros e começou a “esquecê-los” nos vagões do metrô. Mas não apenas isso, ele também faz sorteios de vale-livros de escritores independentes. Uma das  ideias  é que os leitores tirem selfies com os livros e a postem no twitter e no facebook com a #leituranovagão, contando alguma curiosidade sobre a obra.
DSC0537010592922_810244685672728_3685909293993828252_n 10868106_385060945001595_1534049186318610012_nunnamed

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,079,445FãsCurtir
2,422,376SeguidoresSeguir
20,882SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Após humilhação, motoboy ganha mais de R$190 mil em vaquinha, moto nova e é contratado por agência de marketing

Em menos de 24 horas, batemos a meta da vaquinha na VOAA para ajudar o motoboy Matheus a dar a volta por cima, depois...

Sogro anda de mãos dadas com genro para ajudá-lo a superar medo de sair na rua com o namorado

Fran guarda algumas memórias ruins de um passado recente, quando ele sofreu preconceito por ser homossexual. O jovem foi agredido fisicamente, além de ter passado...

Confeiteira é humilhada por cobrar taxa de entrega de R$2 e recebe apoio de internautas

A confeiteira Ângela Oliveira foi humilhada por uma cliente que se recusou a pagar a taxa de entrega do seu bolo de pote. Na troca...

Vaquinha para motoboy humilhado bate mais de R$100 mil em menos de 24h

Todo mundo acordou ontem precisando engolir a seco a história do Matheus Pires, de Valinho (SP). Vivemos em um país onde ainda há muita indiferença...

Homem raspa cabelo da namorada com alopecia, depois o seu também e ela não aguenta a emoção

Quando a gente escuta que amar não tem limites, a gente fala de gestos como o de Damien! Ele namora Eva Barilaro e, recentemente, os...

Instagram

Jovem "esquece" livros no metrô para incentivar a leitura e deixar o celular um pouco de lado 14