Jovem que estudava em casa sem energia e sem internet é aprovado em Medicina na Bahia

Matheus tem motivos de sobra para se orgulhar: após quatro anos de muito estudo e dedicação, ele foi aprovado em Medicina na Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), seu sonho de longa data.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Não foi nas melhores condições que o jovem de Feira de Santana (BA) realizou seu sonho: ele estudava em uma casa simples, emprestada por uma amiga, onde não havia energia elétrica, tampouco acesso à internet.

Ainda assim, Matheus se superou: quase atingiu a nota máxima na prova de redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2020, com 980 pontos.

Em entrevista ao G1, o jovem contou que as aulas do tão sonhado curso de medicina começaram na segunda-feira (28), via EaD.

“Para mim foi surreal, foram oito anos fazendo Enem. Há quatro anos que eu tento fazer medicina, então é um bom tempo estudando”, disse o estudante de 25 anos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

jovem estudava casa sem energia passa medicina bahia

Matheus de Araújo Moreira Silva será o primeiro médico da família e da comunidade quilombola da qual faz parte.

“Minha família e minha comunidade quilombola de Antônio Cardoso (cidade onde nasceu) estão super felizes, porque é o primeiro médico da família, então eles estão em êxtase, em festa, por isso tudo, porque eles viram o meu esforço durante esse período todo. Estão muito, muito alegres”, disse.

jovem estudava casa sem energia passa medicina bahia

“Eu só vou acreditar quando passar essa pandemia e eu puder me mudar para Santo Antônio de Jesus, que é onde tem o polo que eu vou fazer Medicina”, completou.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com o ingresso na faculdade, ele busca maneiras de se manter no curso e conseguir o diploma. De início, pensou em criar uma vaquinha virtual. Em menos de um mês, a ‘vakinha’ recebeu o apoio de 261 pessoas e levantou R$ 23,2 mil (e contando!).

Ao mesmo tempo, Matheus busca um estágio para conseguir uma fonte de renda.

jovem estudava casa sem energia passa medicina bahia

“Eu pretendo agora montar uma vaquinha para a manutenção do curso até eu conseguir uma residência universitária e, nesse momento que eu vou ter aulas remotas, quero achar um horário para eu conseguir um estágio, para conseguir um dinheiro e me manter”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ainda assim, os problemas futuros, embora pensados agora, ficam em segundo plano, quando o jovem lembra que vai lutar para salvar vidas.

Eu estou bastante honrado em poder fazer o curso que eu irei possibilitar mudanças de vida de várias pessoas. É um sonho se concretizando”, afirmou.

Sonho realizado

O jovem estudou a vida toda em escola pública e desde a adolescência sonhava cursar Medicina.

Em 2015, dois anos após a conclusão do ensino médio, Matheus foi aprovado no curso de enfermagem na Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs).

jovem estudava casa sem energia passa medicina bahia

No quarto semestre, entretanto, ele trancou a faculdade, o que ele considera uma “uma decisão da vida”.

De 2018 em diante, decidiu se dedicar aos estudos para passar em Medicina.

Matheus mora em um bairro periférico de Feira de Santana e é filho de pais analfabetos. Desde criança, precisou superar algumas barreiras para seguir a carreira que desejava.

O jovem estudava na biblioteca municipal da cidade, mas com a pandemia, o local precisou ser fechado. Como resultado, ele precisou congelar os estudos por um período.

Em casa, com os pais e 4 irmãos, não era possível se concentrar nos estudos. Foi aí que entrou uma ajuda fundamental nesta história.

jovem estudava casa sem energia passa medicina bahia

Desde julho de 2020, uma amiga de Matheus emprestou uma casa simples para que ele pudesse estudar.

A residência não tem energia elétrica e ventilação adequada. Para ter acesso à internet, o jovem precisou assinar um pacote de internet pelo celular. Assim, conseguia assistir as apostilas e videoaulas online.

jovem estudava casa sem energia passa medicina bahia

Todos os dias, por cerca de seis horas, ele estudava – sozinho – para o Enem. Nas horas vagas, dava aulas de reforço para colegas do próprio bairro, de modo a ter uma renda para bancar as apostilas e plataformas de preparação.

Em abril, Matheus foi enfático ao ser questionado sobre o andamento dos seus estudos: “O ano da minha aprovação em Medicina é esse”.

jovem estudava casa sem energia passa medicina bahia

“Você tem que acreditar nos seus sonhos, porque se você não acreditar, ninguém vai acreditar. Tem uma frase que sempre utilizo: a educação modifica vidas, assim como Jesus modifica o nosso interior. Focar, acreditar e ter fé, que em algum momento, a vitória vai chegar”, disse o estudante.

Fonte: UOL
Fotos: Arquivo pessoal

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,917,765SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Com um simples abraço, homem salva mulher desconhecida que estava sendo perseguida por 3 suspeitos

Ano passado, na cidade de Nova York, Dane Weeks se surpreendeu quando uma mulher desconhecida o abraçou no meio da rua e disse bem...

Com covid-19, mãe fica em estado grave e filha faz promessa para curá-la, doando todo seu cabelo após recuperação

A nutricionista Luciana Almeida, de 43 anos, fez uma promessa quando descobriu que sua mãe, Maria Aparecida de Resende, de 65 anos, testou positivo...

Estúdio de Yoga abriga gatos para estimular que alunos e visitantes os adotem

Que os animais trazem muitos benefícios para  nossa vida é fato! Com amor, cuidados e sempre nos mostrando o melhor de sentimentos como fidelidade,...

Jovem de SC faz live de jogos para ajudar a família e recebe doação anônima de R$ 900 mil ao vivo

Leonardo Kuhn faz lives há 1 ano na plataforma Twitch, jogando na internet com a finalidade de arrecadar dinheiro para o tratamento do irmão...

Baianas de acarajé estão sem renda por conta da crise e internautas criam vaquinha

Mais de 3 mil baianas perderam totalmente sua renda por conta do isolamento social pelo coronavírus.

Instagram

Jovem que estudava em casa sem energia e sem internet é aprovado em Medicina na Bahia 4