Jovem se forma em fisioterapia para cuidar de amigo tetraplégico no RN

Há cinco anos, a paraibana Samara Elânia da Costa, até então estudante do curso de História da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), largou tudo para se graduar em Fisioterapia. O motivo? Atender e amenizar a dor de um amigo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O jovem Deocléciano Ferreira é tetraplégico e atualmente se encontra acamado na ala de enfermagem do Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM).

“Eu entendi naquele momento a importância da fisioterapia, para reduzir o sofrimento de quem está nestas condições, fazendo tratamento de saúde. A fisioterapia ameniza a dor, contribui com o fortalecimento dos músculos, mantém o corpo ativo”, explica Samara.

Pouco depois de ingressar na faculdade de História, a estudante trancou o curso e fez o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), onde conseguiu nota suficiente para garantir uma bolsa de 100% no curso matutino de Fisioterapia da UNP – Universidade Potiguar.

Jovem forma fisioterapia para cuidar amigo tetraplégico

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com a ajuda de caronas ao longo dos semestres, Samara conseguiu não só estudar pela manhã como também fez um curso de Técnico de Enfermagem à tarde, em paralelo, também na UNP.

“Foram muitos momentos difíceis, se fosse listar todos, não daria conta. Muitos não fazem ideia de tudo que você passou para chegar até aqui. Deus […] te deu a missão de ser a pessoa mais simples e divertida da turma. Como perceber tantos sacrifícios em meio a tantos sorrisos que você consegue arrancar?”, disse Sandra Costa, irmã de Samara, ao portal Mossoró Online.

“Sabe que sempre estive e estarei ao seu lado, pois enquanto vida eu tiver você nunca
estará sozinha. Enfim, me faltam palavras para descrever tudo que esse momento pede, só sei que é merecedora de cada conquista. O sonho é nosso e a vitória também”, complementou.

Após concluir o curso técnico de enfermagem, Samara fez concurso para a Secretaria
Estadual de Saúde (SESAP) e passou a trabalhar no Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM).

Jovem forma fisioterapia para cuidar amigo tetraplégico

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Sempre gostei muito de trabalhar na área de saúde, ajudando as pessoas”, revela. Apesar dos passos largos na enfermagem, o sonho mesmo era o diploma de Fisioterapia.

E ele veio no último sábado (15), em meio a uma linda festa de formatura no mesmo local onde Samara trabalhou por muitas noites como garçonete para ajudar nas despesas de casa.

Na sua hora de falar, não deixou de homenagear os garçons e agradecer a família e amigos pela conquista.

“Gostaria de chamar a atenção de todos que estão aqui nessa noite, em especial aos garçons, essa classe tão importante e que sem eles essa festa não seria possível. Pena que muitas vezes passa despercebida, a todos os garçons, o meu muito obrigada!”, disse.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Há quase 5 anos eu também fazia parte dessa equipe. E a cada baile de
formatura era um turbilhão de sentimentos. Nesse momento eu fazia questão de ficar pertinho da escada, vibrando e me emocionando com cada descida. Sempre sonhei com o meu dia. Com esse dia! E hoje é a grande realização do meu sonho”, afirmou.

“Então é isso, se vocês têm um sonho não desista, lute e trabalhe por ele, pois Deus
cuida de cada detalhe. A vitória não é só minha, é nossa! O sonho continua”, complementou, emocionando os convidados.

Infelizmente, meses antes da conquista do diploma, Deoclésio Ferreira acabou falecendo em decorrência de uma infecção. Mas Samara não desistiu. Outras pessoas precisarão dela.

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: Mossoró Hoje/Fotos: Arquivo pessoal

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,829,971SeguidoresSeguir
24,599SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Escola inteira aprende língua de sinais para dar boas-vindas à primeira aluna surda

Os alunos de uma escola primária no estado norte-americano do Maine decidiram aprender a língua de sinais para receber adequadamente uma nova aluna. Morie...

Jornalista chora ao vivo ao ler carta de criança que pedia uma cama ao Papai Noel

Felizmente, a cartinha do menino já foi apadrinhada. 💕

Novo comercial da Barbie traz menino brincando também com a boneca

Nos últimos meses, a Barbie está zerando a internet com muitas campanhas maravilhosas. Para empoderar as meninas, a marca criou novas versões com tons...

Casal gay mostra que o amor supera diferenças, cura e renova: “todo dia aprendo algo com ele”

O que o amor é capaz de fazer na vida de uma pessoa? Na história de hoje, o amor é responsável não só por...

Youtuber deficiente visual discute acessibilidade e compartilha sua paixão pela música

“Não gosto quando nos definem com rótulos de superação e heroísmo. Somos pessoas com deficiência. Tem que haver um equilíbrio neste pêndulo.”

Instagram

Jovem se forma em fisioterapia para cuidar de amigo tetraplégico no RN 1