“Quero ajudar pessoas como eu”, diz jovem goiana com doença no intestino que passou em Medicina

Em 2015, a estudante goiana Lara Maria Lemes, 22, foi diagnosticada com a doença de Crohn – síndrome inflamatória grave do trato gastrointestinal e que pode causar complicações com risco de vida.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A doença pode causar dor abdominal severa, diarreia, perda de peso, anemia e fadiga.

Nos últimos anos, Lara se dividiu entre o tratamento contra a síndrome e os estudos, focando na sonhada aprovação em Medicina. A estudante passou no curso e agora busca conquistar o diploma para ajudar pessoas com a mesma doença.

"Quero ajudar pessoas como eu", diz jovem goiana com doença no intestino que passou em Medicina

“Meu sonho é me especializar em gastroenterologia para entender mais e ajudar as pessoas como eu. Além de ser uma paciente, eu seria uma pessoa que poderia falar com mais propriedade do assunto”, disse Lara, que nasceu em Iporá (GO), mas cresceu em Piranhas, no oeste goiano.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Na adolescência, mudou-se para Goiânia para cursar o segundo. ano do ensino médio. Nessa época, Lara passou a sentir dores ainda mais intensas que exigiam um tratamento delicado. Para isso, ela voltou para Piranhas, interrompeu os estudos e felizmente, contou com todo o suporte de sua família.

Em 2016, a jovem retornou à escola com o apoio do Núcleo de Atendimento Educacional Hospitalar (NAEH), programa das Secretarias de Estado da Educação (Seduc) e Saúde (SES).

Quando ela não conseguia ir à escola, uma professora ia à sua casa para dar aulas e aplicar os exames.

“Foi essencial, foi um período que eu passei muito mal, era impossível ir todos os dias à escola. A professora conseguia me passar perfeitamente o conteúdo. Foram 2 anos, durante o segundo e o terceiro ano do ensino médio”, pontuou.

"Quero ajudar pessoas como eu", diz jovem goiana com doença no intestino que passou em Medicina

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No ano seguinte, Lara voltou à Goiânia para fazer um cursinho pré-vestibular visando passar em Medicina.

Com muito esforço, ela conseguiu a aprovação em duas instituições fora do estado, mas como seu objetivo era permanecer em Goiás, dedicou-se até a conquista.

Na próxima segunda-feira (24), a jovem – já matriculada, – inicia seus estudos. E ela não poderia estar mais feliz com a vitória depois de anos tão turbulentos, sempre com o apoio dos pais.

“O tempo inteiro me apoiaram, não botavam pressão, deram tudo que eles poderiam dar de apoio e seguraram as pontas”, disse.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Doença

Conforme explica a Associação Brasileira de Colite Ulcerativa e Doença de Crohn (ABCD), a síndrome de Lara se trata de uma doença inflamatória no trato gastrointestinal.

A associação frisa que medicamentos podem controlar e amenizar os sintomas, mas não curam a doença.

De acordo com Romulo Gustavo Pereira, presidente da Sociedade Goiana de Gastroenterologia, a síndrome é causada por predisposição genética e fatores ambientais.

"Quero ajudar pessoas como eu", diz jovem goiana com doença no intestino que passou em Medicina

Apesar de fazer uso de medicamentos, Lara conta que, mesmo com a doença “mais controlada”, tem episódios de muitas dores abdominais, náuseas, vômitos constantes e diarreia.

“A doença entra em remissão, nesse momento ela está menos ativa, mas eu tenho que cuidar. Preciso me alimentar bem, tomar os remédios e aplicar remédios na veia uma vez por mês”, disse.

Por isso, o suporte constante dos pais é essencial. “Morar sozinha não é viável para mim. Ainda tenho casos de passar mal do nada. Eu aprendi a conviver, minha doença é assim”, completou.

Fonte: Portal 6
Fotos: Arquivo Pessoal / Lara Maria Lemes

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









"Quero ajudar pessoas como eu", diz jovem goiana com doença no intestino que passou em Medicina 3

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
5,145,170SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Cearense conquista prêmio internacional com pesquisa sobre o impacto da Covid-19 em comunidades do Nordeste

Os desafios dessa pandemia da Covid-19 são enormes. Aqui no Brasil, analisando a realidade de cada comunidade, esses desafios e problemas são ainda maiores....

Idoso que adaptou cadeira para locomover filha deficiente compra aparelho novo após vaquinha do Razões

Vocês lembram do seu José, o pai que construiu um aparelho para ajudar na locomoção da filha, que tem paralisia cerebral? Ele conseguiu realizar...

Para despertar interesse pelos estudos, professor ministra aulas no ritmo do funk

Sabe aquele velho ditado: Se não pode com o inimigo, junte-se a ele. Pois é, nesse post de hoje cabe perfeitamente. Todos sabemos que...

Idosa internada em UTI recebe ‘visita’ fofa de sua jabuti e apresenta melhora

A dona Maria do Socorro Sampaio, 62 anos, é um chamego só com a Nina e estava morrendo de saudade de sua jabuti, de...

Casal brasileiro sai nas ruas distribuindo marmita para sem-tetos

Um dia o casal Joelma e Silvio Zequinão resolveram que não podiam mais ignorar a situação dos moradores de rua e passaram a fazer quentinhas...

Instagram

"Quero ajudar pessoas como eu", diz jovem goiana com doença no intestino que passou em Medicina 4