Após infância traumática, jovem inspira outras meninas da periferia a serem o que quiserem: “multiplicar o impacto”

“Garotas da favela podem ser o que quiser”, a Bia Franco é mais uma prova que isso não é apenas uma frase. Mas o que ela acredita, representa e multiplica, usando a tecnologia como uma importante aliada. 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Bia passou por muitos problemas desde que era pequena. A mãe foi presa, o pai e o padrasto foram assassinados por traficantes e o irmão morreu de meningite. 

Ela foi criada pela tia e quando mais precisava de apoio, conheceu o Instituto As Valquírias, que empodera meninas da Vila Itália, em São José do Rio Preto (SP), bairro dominado pelo tráfico de drogas e pela prostituição, através da música e uma série de outras atividades socioeducacionais e capacitação profissional. 

Após infância traumática, jovem inspira outras meninas da periferia a serem o que quiserem: "multiplicar o impacto" 3
Bia assumiu o controle da própria história em cima dos palcos. Foto: Reprodução/Instagram

“Quando eu tive a oportunidade de subir em cima do palco com a banda As Valquírias fazendo uma apresentação musical foi realmente um misto de sensações assim… Foi uma sensação de que eu posso ser protagonista da minha história”, diz Bianca. 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Aos 16 anos, Bianca, que hoje tem 18, foi convidada para ser cofundadora do grupo, para “fazer mais pela vida de outras meninas e multiplicar o impacto”

Hoje, essa garota incrível faz faculdade de pedagogia e dá aulas de empatia, resiliência e meditação para as meninas do projeto.

Após infância traumática, jovem inspira outras meninas da periferia a serem o que quiserem: "multiplicar o impacto" 4
Bia oferece aulas de meditação para as meninas atendidas pelo projeto. Fotos: Reprodução/Instagram

“Quando eu compartilho minha história com uma menina, a menina ela vai se colocar no meu lugar. E aí quando uma outra menina compartilha a história dela uma vai se colocando no lugar da outra. Acredito também que a tecnologia está ajudando o mundo a se conscientizar!”, destaca. 

Após infância traumática, jovem inspira outras meninas da periferia a serem o que quiserem: "multiplicar o impacto" 5
Foto: Larissa Zaidan

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

New Realities

A adolescente que enfrentou e venceu obstáculos que fazem parte da vida de muitas jovens da periferia foi chamada por Lenovo para representar o Brasil na campanha New Realities, cujo foco é contar histórias inspiradoras de superação através da educação e da tecnologia, em uma narrativa de 360°. 

O Instituto também receberá uma doação para incentivar mais meninas a serem o que quiserem, independentemente de suas jornadas pessoais. 

Após infância traumática, jovem inspira outras meninas da periferia a serem o que quiserem: "multiplicar o impacto" 6
Bia inspira as Vaquírias a serem o que quiserem. Foto: Larissa Zaidan

Batemos um papo muito legal com a Bia em mais um episódio do Cafezoom, onde ela conta um pouco mais sobre sua trajetória e realizações à frente do Instituto As Valquírias. 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Pega um cafezinho, dá o play e prepara o lencinho:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Razões Para Acreditar (@razoesparaacreditar) em

selo conteúdo original

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,850,069SeguidoresSeguir
24,964SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Marca de cachaça democratiza consumo de cachaças premium na periferia de SP

Desde o dia 17 de maio, a marca de cachaças Natique está circulando por diversas regiões de São Paulo, do centro à periferia, com...

Pedimos para nos mandarem a melhor coisa que aconteceu este ano e vocês nos inundaram de amor

Há exatamente 5 anos, o Razões para Acreditar nascia, inicialmente como um blog pessoal que com o tempo foi se transformando em um portal...

Pai incentiva filha a repetir frases de empoderamento: “Eu sou incrível!”

No vídeo, o pai de uma menina que aparenta ter três aninhos pede para a filha repetir frases de empoderamento na frente do espelho.

Mãe “supera” morte de filho doando seu leite materno

Nas redes sociais, ela encontrou seis mães que precisavam de leite para dar de alimento aos seus bebês.

Técnicos do Senai consertam respiradores de graça para ajudar hospitais em MT

Técnicos do Senai em Mato Grosso começaram um mutirão para consertar, de graça, dezenas de respiradores parados que precisavam de manutenção para serem aproveitados...

Instagram

Após infância traumática, jovem inspira outras meninas da periferia a serem o que quiserem: "multiplicar o impacto" 8