Mesmo internado, jovem de 15 anos tenta achar um lar para gatos de rua

Existem algumas pessoas que vêm para o mundo para promover o bem desde cedo. Estes seres especiais muitas vezes esquecem deles mesmos, mas jamais deixam de se preocupar com o outro e com o mundo à sua volta, como é o caso do Eduardo, de 15 anos, que vive em Anápolis, Goiás e tem um trabalho incrível com gatos de rua.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Edu foi internado porque após alguns exames, descobriu que o número de leucócitos estava alterado no sangue, e como ele teve leucemia quando era pequeno, foi internado na mesma hora que saiu o resultado. Porém, engana-se quem pensa que ele se deixou abater, muito pelo contrário! O jovem, que desde pequeno está envolvido em ajudar os animais e as pessoas, continua fazendo um trabalho incrível, mesmo internado no hospital.

Eduardo já ajudou dezenas de gatos de rua abandonados a encontrarem um novo lar e continua fazendo isso, já que as pessoas de sua cidade o conhecem, então é comum que deixem os filhotes na porta da sua casa. Recentemente deixaram 3 filhotinhos, sendo que ele adotou um, encontrou um dono para o macho e ainda está em busca de uma família para a fêmea. O abrigo para animais Pata Solidária, que ele já ajudou, fez até uma postagem em sua homenagem.

Jovem tenta achar lar para gatos de rua abandonados

“Razões para acreditar que mesmo sentindo dores ele ainda tá pensando no outro. Ele sempre, sempre foi assim”

Sua mãe, Elisa Cardehari, diz que se orgulha muito de seu filho e que desde pequeno ele se mostra essa pessoa especial, empenhada em ajudar o próximo: “Ele é um ser de muita luz, não é porque sou a mãe não. Mas ele tem isso de fazer coisas boas para o mundo. Como por exemplo, em vez de ter festa de aniversário ele querer doar brinquedos para crianças carentes, ou ajudar animais. Ele tem disso.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Elisa nos conta, orgulhosa, que seu filho já ficou careca para apoiar uma professora que teve câncer, já ajudou orfanatos, foi condecorado pelo corpo de bombeiros e até recebeu reconhecimento da ONU, no ano passado. Vejam as fotos:

jovem ajuda gatos abandonados Eduardo

jovem ajuda gatos abandonados Eduardo

jovem ajuda gatos abandonados Eduardo

jovem ajuda gatos abandonados Eduardo

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uma pessoa assim é querida por todos à sua volta e com Edu não poderia ser diferente. Recentemente ele ganhou uma viagem para a praia de uma de suas professoras e em breve ele irá para Vitória, ES. Felizmente, ele está respondendo ao tratamento e saiu do hospital para continuar a ser tratado em sua casa, já que ele tem um irmão pequeno, o que impossibilita a mãe de ficar o tempo todo no hospital.

Ajudar gatos de rua é apenas uma parte da história

O que mais nos impressionou é a resiliência e a tranquilidade que Eduardo leva a vida. Com apenas 15 anos de idade, ele ensina muita gente que o que a vida espera de nós é coragem: “Quero ser uma pessoa que faça a diferença no mundo. Se for para passar por tudo isso que seja, tudo tem um propósito! A gente vem com uma missão, se já cumpri a minha, tô realizado. Se não, sigo no caminho de fazer o bem”.

Eduardo quer ser diplomata e pretende continuar espalhando amor e generosidade onde estiver. Que garoto inspirador! Vai dar tudo certo, Edu! Estamos com você!

Fotos: Elisa Cardehari – Reprodução Autorizada

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Mesmo internado, jovem de 15 anos tenta achar um lar para gatos de rua 2

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,975,261SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Com pratos simples, publicação de jovem que sonha ser chef de cozinha viraliza

O adolescente Paulo, 16 anos, conquistou milhares de admiradores na semana passada. Paulo publicou no seu Facebook fotos de comidinhas que ele mesmo faz...

Conheça Nika, uma bebê haitiana com hidrocefalia salva da morte por uma voluntária

Foram dois anos de muita luta para que a menina não tivesse um destino trágico!

Amor entre cães e donos é o mesmo de pais e filhos, segundo pesquisa

Animais são capazes de nos surpreender, nos fazer sorrir, amar incondicionalmente (mesmo quando não merecemos!) e ensinar lições valiosas todos os dias. Eles não...

Menino autista recebe carta comovente da escola após reprovar nos exames

Ben é um garoto de 11 anos que foi diagnosticado com autismo aos 5. Infelizmente, ele reprovou nos exames da escola que avaliam habilidades em...

UnB inclui disciplina ‘Felicidade’ na sua grade curricular

A ideia é que os estudantes exercitem autoconhecimento, afeto, cuidado, solidariedade e respeito às diferenças.

Instagram

Mesmo internado, jovem de 15 anos tenta achar um lar para gatos de rua 3