Jovem com paralisia cerebral se forma em faculdade e lança livro: ‘Nada o limita’, diz mãe

Concluir uma faculdade é um grande desafio pra todos nós e para o Rafael Luiz Silva dos Santos, de 28 anos, foi mais que uma superação na vida!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele foi diagnosticado com paralisia cerebral quando tinha apenas 7 meses, mas isso não o impediu de buscar seus sonhos.

Formado em Letras, ele acaba de lançar um livro de poesias e diz que quer escrever muitas outras obras. Que inspirador Rafa!

Rafael no Sarau

A mãe do Rafael, Maria Izabel Silva, saiu de Aracruz (ES) para São Paulo em busca de um tratamento melhor para o filho. De São Paulo eles foram morar em Santos, onde vivem até hoje.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

E foi pela cidade santista que Rafael estudou. Maria diz que seu filho nunca deu trabalho na escola. “Eu sempre o preparei para seguir a vida dele, sempre o vi como uma pessoa normal, capaz de alcançar todos os seus sonhos. Nunca deixei que nada o limitasse”, conta.

Até a 4ª série ele estudou na Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD). “Depois, ele passou a frequentar uma escola normal e eu sempre acompanhava ele. Não ficava dentro do sala, mas o esperava do lado de fora. O legal é que os colegas de classe sempre ajudavam e incentivavam muito ele. Ele era muito querido por todos“, diz.

Jovem sonhava em cursar uma faculdade

Maria disse que o filho sempre sonhou em ter um diploma de graduação. “Ele falava todo dia que queria fazer faculdade, mas não sabia do que. Mas quando terminou o Ensino Médio ele decidiu por Letras, então no ano seguinte já fez o vestibular e entrou na faculdade“, diz.

Maria chegou a pagar três mensalidades e, com a orientação de uma professora, conseguiu uma bolsa de 100% para o Rafa. Ela recorreu ao Programa Escola da Família, do Governo do Estado.

rafa passa no vestibular

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mãe foi cursar Letra para acompanhar o filho

Maria acompanhou Rafa durante um semestre inteiro na faculdade. Ela o ajudava na escrita das atividades e a realizar provas, onde anotava as respostas que ele dava.

Um dia, a coordenadora chamou Maria e a aconselhou a fazer vestibular e também cursar Letras, já que teria que passar os 4 anos na universidade.

Então eu falei que podia fazer se conseguisse bolsa, porque não tinha condições financeiras. Então paguei os três primeiros meses e assim que consegui fazer a inscrição da bolsa, fui lá e fiz, foi quando consegui também a bolsa integral pelo mesmo programa“, relembra Maria.

E deu tudo muito certo, gente. O Rafa e a mãe passaram o curso de Letras todo juntos. Ele se formou em 2016 e ela em 2017. “Eu me formei aos 60 anos e foi uma experiência excelente, eu aprendi muita coisa nova, tive uma oportunidade diferente e abri muito minha mente. Conheci muitas pessoas, nunca tinha pensado nessa possibilidade“, conta Maria.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Rafa e Maria formando em Letras

Livro de Poesia

E o Rafa ainda queria ir além. Após a graduação, ele começou a escrever um livro de poesias. O jovem sempre foi apaixonado por esse estilo de escrita e chegou, inclusive, a participar de sarais realizados duas vezes por ano na universidade. Em um dos anos, ele ficou em 3º lugar.

Rafa e amigos da faculdade

Então Rafa acabou de lançar seu primeiro livro de poesias, chamado “O pulsar de meus devaneios e outras utopias”. O jovem diz que agora os planos é comprar um novo computador, usando o dinheiro das vendas, para poder produzir mais projetos.

O meu sentimento é que ele tem o mundo pela frente. Tenho muito orgulho porque ele ainda tem muitos sonhos a realizar e conhecimento é uma coisa que ninguém tira da gente. Ele é muito determinado e feliz com a vida e escolhas dele. Para nós, isso é essencial“, finaliza a mãe.

FONTE: Rede Arrastão

 

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,778,819SeguidoresSeguir
23,895SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Desempregado investe último dinheiro pra aprender, fazer e vender pudim em SP: negócio decolou após desabafo!

Dá água na boca, não dá? Eu sou suspeito, amo pudim, mas teve gente que pediu o pudim ‘cenográfico’ do Jonas, só que não...

Aos 87 anos, viúva é pedida em casamento por quem a amou a vida toda

Nunca é tarde para viver um novo amor! ♥

Engenheiros criam óculos que corrigem visão automaticamente

Engenheiros da Universidade de Stanford, nos EUA, desenvolveram óculos capazes de corrigir automaticamente o foco e restaurar a visão de pessoas que precisariam utilizar...

Morador de rua vende latinhas e doa dinheiro para a campanha “Salve Laurinha”, em SC

Os voluntários da campanha Salve Laurinha foram surpreendidos com uma doação muito especial neste final de semana. Enquanto realizavam um pedágio, na cidade de...

Como um movimento está promovendo a causa do voluntariado no Brasil e no mundo

Certa vez publicamos um relato da Raquel Caprara, onde ela fala de sua experiência fazendo trabalho voluntário e o quanto essa experiência transformou (e...

Instagram

Jovem com paralisia cerebral se forma em faculdade e lança livro: 'Nada o limita', diz mãe 3