Jovem com paralisia cerebral descobre no fisiculturismo uma nova forma de viver a vida

Alex de Souza, mais conhecido como Lékão, nasceu com paralisia cerebral e passou boa parte da infância em sessões de fisioterapia para conseguir andar. Após praticar alguns esportes, ele encontrou sua paixão no fisiculturismo.

Lékão está concorrendo na categoria PCD, do Prêmio Razões Para Acreditar, premiação que destaca histórias de pessoas reais. Clique aqui e vote!

Conheça mais sua história:

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Razões Para Acreditar (@razoesparaacreditar)

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Relacionados

Seis meses após morte do pai, jovem que largou tudo para cuidar dele consegue emprego com ajuda do Razões

Em dezembro do ano passado, a VOAA - a vaquinha do Razões, - lançou uma campanha para Enzo, um jovem trans que largou tudo...

Desconhecida compra todas as cocadas de mini vendedor e ainda fez publi para ele (RN)

A Karla Souza e seu marido compararam todas as cocadas que o Filipe, de 10 anos, estava vendendo no litoral do Rio Grande do...

+ DO CANAL

Prêmio Razões 2022: veja a lista completa dos vencedores da premiação!

Enfim, o grande dia chegou e foi emocionante, como todos nós esperávamos que fosse! 🤧 Na noite desta segunda-feira...

Confira todos os indicados ao Prêmio Razões Para Acreditar 2022 – e vote muito!

Olha quem voltou! Sejam todos muito bem-vindos ao Prêmio Razões 2022! No dia 19 de dezembro, iremos celebrar, reconhecer e premiar pessoas comuns que...

Militar larga a farda para se tornar manicure e construir parceria de sucesso com a esposa (RJ)

Michael de Souza trocou o quartel pelo salão. Após seis anos servindo às Forças Armadas, o ex-militar se jogou na profissão de manicure para...

Paranaense cria ‘ecobarreira’ para retirar lixo do rio onde aprendeu a nadar na infância

O rio Atuba passa nos fundos da casa do vendedor Diego Saldanha, 33 anos, morador de Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba, e foi...

Aos 50 anos e cega, Laura B. Justino ignora “limites” e vira atleta de fisiculturismo [VÍDEO]

Avisa que é ela! Quando você acha que é tarde demais para alcançar o que almeja, a vida vem e te faz repensar com...