Jovem com paralisia cerebral rompe preconceito e se forma em Química no Ceará

Logo depois de nascer em Tauá, cidade do interior do Ceará, Caleb Alexandrino Veríssimo foi diagnosticado com paralisia cerebral por causa de uma complicação no parto.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A falta de oxigenação no cérebro comprometeu um pouco a fala, a escrita, a locomoção, menos o seu intelecto.

Mas, Caleb, como todo garoto da sua idade, aprendeu a ler e isso foi só o começo.

“Ele frequentou escolas normais, e em toda sua vida nunca ficou de recuperação!”, diz a mãe, Neuma, que conta que a paixão de Caleb pela Matemática se repete no filho mais novo, Filipe Alexandrino Veríssimo.

Paralisia cerebral nunca o impediu de ser um aluno exemplar

Caleb começou a faculdade de Química, no Centro de Educação, Ciências e Tecnologia da Região dos Inhamuns (Cecitec), com 18 anos, assim que terminou o ensino médio.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Durante o curso, ele se mostrou um aluno acima da média, era de se esperar que ele se formaria com louvor.

“Ele sempre foi um aluno excelente, tirava notas acima da média, nunca faltou a uma aula e estava sempre sorridente”, revela o professor e diretor do Cecitec, João Batista.

E tem mais, o jovem químico também foi bolsista do Pibid (Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência), como monitor em escolas do ensino médio da cidade e fazia participação nos shows de Química com peças teatrais.

Leia também:

Morador de rua ganha transformação de visual e emociona-se com resultado

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Polvos feitos de crochê tranquilizam bebês prematuros no Paraná

Não é peruca! Este bebê cabeludo de 7 meses é a mais nova sensação da internet

Foto de capa: Arquivo Pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,282,832SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

ONG faz campanha sobre crianças desaparecidas em sessões do filme ‘Procurando Dory’

A ONG Mães da Sé aproveitou a estreia do filme ‘Procurando Dory’ para lançar uma campanha, em parceria com 20 cinemas do país, que...

Formando surdo é escolhido como orador de turma pela 1ª vez na UFPI

O estudante de Letras Iago Pedro Pires é o primeiro aluno surdo da Universidade Federal do Piauí (UFPI) a ser escolhido orador de uma turma....

Menino e cão com vitiligo se encontram e viram melhores amigos

Parecia que eles se conheciam há anos.

Mãe solo e humilde doa anonimamente US$ 100 à policial ferido, mas Delegacia a procura para retribuir

A vida de Shetara Sims nunca foi fácil, mas em nenhum momento ela deixou de acreditar e de abrir aos braços para quem precisa. Mãe...

Projeto que daria salário vitalício para vereadores do Rio é vetado após pressão popular

O projeto foi derrubado por unanimidade, com 40 votos contra e 0 a favor. Mas, não foi bem o bom senso dos vereadores que barrou esse projeto absurdo. Foi graças à mobilização popular.

Instagram

Jovem com paralisia cerebral rompe preconceito e se forma em Química no Ceará 1