Jovem com paralisia cerebral rompe preconceito e se forma em Química no Ceará

Logo depois de nascer em Tauá, cidade do interior do Ceará, Caleb Alexandrino Veríssimo foi diagnosticado com paralisia cerebral por causa de uma complicação no parto.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A falta de oxigenação no cérebro comprometeu um pouco a fala, a escrita, a locomoção, menos o seu intelecto.

Mas, Caleb, como todo garoto da sua idade, aprendeu a ler e isso foi só o começo.

“Ele frequentou escolas normais, e em toda sua vida nunca ficou de recuperação!”, diz a mãe, Neuma, que conta que a paixão de Caleb pela Matemática se repete no filho mais novo, Filipe Alexandrino Veríssimo.

Paralisia cerebral nunca o impediu de ser um aluno exemplar

Caleb começou a faculdade de Química, no Centro de Educação, Ciências e Tecnologia da Região dos Inhamuns (Cecitec), com 18 anos, assim que terminou o ensino médio.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Durante o curso, ele se mostrou um aluno acima da média, era de se esperar que ele se formaria com louvor.

“Ele sempre foi um aluno excelente, tirava notas acima da média, nunca faltou a uma aula e estava sempre sorridente”, revela o professor e diretor do Cecitec, João Batista.

E tem mais, o jovem químico também foi bolsista do Pibid (Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência), como monitor em escolas do ensino médio da cidade e fazia participação nos shows de Química com peças teatrais.

Leia também:

Morador de rua ganha transformação de visual e emociona-se com resultado

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Polvos feitos de crochê tranquilizam bebês prematuros no Paraná

Não é peruca! Este bebê cabeludo de 7 meses é a mais nova sensação da internet

Foto de capa: Arquivo Pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,849,393SeguidoresSeguir
24,900SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Seringueira se alfabetiza aos 71 anos e agora quer fazer faculdade

Nazaré Pereira tem 71 anos de idade e prova que, nunca é tarde para a gente ir atrás de nossos sonhos, construir uma outra...

Sem turistas, tartarugas-olivas prosperam em praias indianas pela 1ª vez em anos

As praias litorâneas de Odisha, na Índia, estão experimentando o retorno em massa de milhares de tartarugas-olivas para o período de nidificação, quando elas...

Mãe transporta o filho dormindo em aventuras incríveis

Queenie Liao, uma artista freelancer e mãe de três meninos, combinou arte e imaginação com a fotografia. Queenie criou fotos incríveis usando roupas, bichos...

Homem HIV positivo tira foto com sua família HIV negativa para combater preconceito

Andrew Pulsipher, de Phoenix, compartilhou a foto abaixo em seu Facebook, e sua imagem ganhou grande repercussão na internet. Pulsipher, que é HIV positivo há...

Supermercado oferece carrinhos adaptados para crianças com deficiência

A rede de supermercados Wegmans adquiriu e distribuiu dezenas de carrinhos de compras adaptados para todas as suas lojas espalhadas pelos Estados Unidos. Os...

Instagram

Jovem com paralisia cerebral rompe preconceito e se forma em Química no Ceará 2