Jovem que venceu transtornos alimentares ajuda outras pessoas a se recuperarem

A jornalista Fernanda Fahel, hoje com 23 anos, desenvolveu transtornos alimentares aos 12. Ela conviveu com a anorexia, a bulimia e também a compulsão durante sete longos anos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quando chegou ao seu peso mais baixo (42kg), Fernanda precisou ser internada. Foi quando ela começou a ter consciência sobre o que estava acontecendo.

“Fiquei tão doente que meus cabelos começaram a cair, minhas unhas não cresciam mais, tinha hipotermia, desenvolvi a anemia e a hipoglicemia, além de ter amenorreia (quando a menstruação é interrompida) e de sentir meu coração bater mais fraco. Fiquei à beira da morte”, conta.

Após se recuperar, ela criou o blog Despedida de Ana e Mia, para ajudar outras pessoas que estão passando pelos mesmos problemas que ela enfrentou no passado.

Em dezembro de 2015, ela também criou um canal no YouTube, o De Bem Comigo, para falar sobre transtornos alimentares como forma de alerta, e abordar a questão da autoestima.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Assista aos vídeos:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,765,320SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Estagiário de construtora é demitido depois de fazer posts machistas no Facebook

"Ah, mas o mundo tá muito chato", provavelmente você já ouviu alguém falar isso quando uma pessoa faz umas "piadinhas" homofóbicas ou machistas. Mas a...

Irmãs indianas que nasceram cegas enxergam o mundo pela primeira vez

As irmãs Sonia e Anita, de 12 e 6 anos, nasceram sem a visão. Assim como milhões de indianos rurais, a família das irmãs não tinha...

100% dos funcionários deste hotel na Itália tem Síndrome de Down

Esse hotel atraiu a atenção do mundo e não é por seus quartos maiores, ou piscinas de outro mundo, e sim pela sua equipe...

Prefeitura de SP inclui literatura sobre história e cultura africana nas escolas da rede pública

Em um país onde a maioria da população é negra, é fundamental trabalhar conteúdos sobre a história e a cultura da África nas escolas....

Professora cria canal para ensinar crianças sobre educação financeira: “para que no futuro se tornem adultos equilibrados”

Por meio de vídeos animados e brincadeiras, a proposta do canal é educar financeiramente as crianças, para que possam planejar o futuro de forma consciente e responsável, além de promover a participação da família.

Instagram