Jovem com irmã cadeirante reforma muletas e cadeiras de rodas e doa a quem precisa no PR

Já faz 3 anos que Elizandro Freitas, de Colombo (PR), se voluntaria coletando e reformando cadeiras de rodas, camas hospitalares, muletas e cadeiras de banho usadas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O objetivo é doar os itens reformados às pessoas necessitadas da cidade, que não possuem condições de comprá-los.

Em entrevista ao portal “Rede de Notícias Paranaense”, Elizandro, 33 anos, contou que boa parte dos objetos são descartados ou vendidos como sucata.

Jovem com irmã cadeirante reforma muletas e cadeiras de rodas e doa a quem precisa no PR

Ciente da importância que uma cadeira de rodas ou uma cama hospitalar têm para tantas famílias de baixa renda de Colombo, o rapaz faz questão de correr atrás dos materiais para reforma e a distribuição dos itens recuperados.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A maior parte deles são entregues para famílias com idosos ou pessoas com deficiência. Outros são doados a instituições médicas. Desde o início da pandemia, a demanda aumentou bastante.

Seu trabalho voluntário é fruto de uma missão bastante pessoal: Elizandro tem uma irmã cadeirante que enfrentou muitas dificuldades (e preconceitos) ao longo da vida.

Jovem com irmã cadeirante reforma muletas e cadeiras de rodas e doa a quem precisa no PR

Em primeira mão, o paranaense assistiu a irmã ser vítima da falta de acessibilidade nos estabelecimentos comerciais e da estrutura precária dos espaços públicos.

Por muito tempo, inclusive, a irmã dele não teve uma cadeira de rodas para se locomover. Quando criança, a moça teve paralisia cerebral. Anos depois, o pai de Elizandro também se tornou cadeirante após um derrame. “Eu tinha doze, treze anos, e larguei o carrinho para assumir responsabilidades de homem. E isso acabou me despertando a vontade de ajudar mais as pessoas”, lembrou.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Comecei sozinho, mas hoje alguns amigos me ajudam na divulgação, na arrecadação. Tenho alguns amigos voluntários que ajudam na própria restauração, costura, montagem e pintura dos equipamentos. Também faço aquisição [de equipamentos] com recursos do próprio bolso. Muitas vezes eu compro através de depósitos que compram sucata. Eu encontro cadeiras por 20, 30, 50 reais, às vezes troco por uma cesta básica, e assim vai”, disse.

Jovem com irmã cadeirante reforma muletas e cadeiras de rodas e doa a quem precisa no PR

Nesses três anos de trabalho voluntário, Elizandro estima ter ajudado mais de 100 famílias. “Atualmente eu tenho catalogado em torno de 120 equipamentos. Mas certamente foram mais, pois no início eu não fazia esse registro”, detalhou.

Você pode contribuir com o trabalho do paranaense entrando em contato pelo telefone (41) 99843-2310, que também possui WhatsApp. Sua maior necessidade nas reformas tem sido a solda de alumínio, essencial para revitalizar as sucatas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: Rede Notícias PR
Fotos: Arquivo pessoal

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM







Jovem com irmã cadeirante reforma muletas e cadeiras de rodas e doa a quem precisa no PR 3

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
5,080,475SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Homem envia SMS sobre o nascimento do filho para nº errado e recebe linda surpresa de desconhecidos

Uma amizade verdadeira muitas vezes pode nascer de uma confusão! Nos Estados Unidos, Cason Knox estava tão feliz com o nascimento de seu filho,...

“Eu não gosto de bolo de pote. Comprei porque penso que estou investindo em sonhos”

Ao longo dos últimos dias, viralizou nas redes sociais um relato que tem muito a nos ensinar. O texto é um diálogo entre duas pessoas...

Tartaruga sobrevive a incêndio graças a casco feito por uma impressora 3D

Os avanços tecnológicos seguem a todo vapor, beneficiando não apenas o ser humano, mas os animais também. A tartaruga Freddy é uma prova “viva”...

Estudante vítima de abuso ganha carro novo de estranho com tumor no cérebro

A estudante de 19 anos ganhou do desconhecido um Toyota Corolla novinho.

Para quebrar estereótipos, inventor cria soldados de guerra praticando Yoga

Cada vez mais a Yoga ganha adeptos, mas ainda há um preconceito contra homens que escolhem praticar tal atividade. Mas afinal, qual o problema...

Instagram

Jovem com irmã cadeirante reforma muletas e cadeiras de rodas e doa a quem precisa no PR 4